PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Jogos de tabuleiro promovem diversão e aprendizado com a família

O que você tem feito durante a quarentena? Os jogos de tabuleiro são opção de divertimento e aprendizado para toda a família. Confira sugestões

08/04/2020 19:26:41
Aérton Freitas é colecionador e entusiasta dos jogos de tabuleiro (BÁRBARA MOIRA/ O POVO)
Aérton Freitas é colecionador e entusiasta dos jogos de tabuleiro (BÁRBARA MOIRA/ O POVO) (Foto: BARBARA MOIRA)

O que você tem feito durante a quarentena? Por conta do confinamento social, muitas famílias procuram alternativas de distrair as crianças durante o dia, de forma que visam a diminuição do contato com a tecnologia. Os jogos de tabuleiro surgem então como opção de entretenimento e aprendizado.

De acordo com a pedagoga e psicopedagoga Ana Sanford, brincar é um direito fundamental de todas as crianças. “Brincando as crianças aprendem a cooperar com os companheiros, a obedecer as regras do jogo, a respeitar os direitos dos outros, a acatar a autoridade, a assumir responsabilidades, a aceitar penalidades, a dar oportunidades aos demais, enfim a viver em sociedade”, explica.

É desse pensamento que a professora de língua portuguesa Adriana Gonçalves incentiva que a filha de nove anos brinque com jogos de tabuleiro. “Priorizo momentos em que se tenha mais acesso à criatividade de forma mais lúdica com jogos que fizeram muitas crianças felizes durante muito tempo”, comenta.

“Em tempos de quarentena, os pais têm que ser multifuncionais, ou seja, educadores, filósofos, sociólogos, psicólogos, psicopedagogos, recreadores e muito mais. Diante desse cenário, os jogos em família são uma excelente ferramenta, que possibilitam formar conceitos, relacionar ideias, estabelecer relações lógicas entre outros”, explica a psicóloga.

Adriana relata que jogar com sua filha promove momentos de interação e que desperta a imaginação e a criatividade. Mas os jogos de tabuleiro não são apenas para crianças. Aérton Freitas, 31, diretor de arte e produtor de conteúdo é um entusiasta dos jogos. “Na minha infância, os jogos de tabuleiro eram o grande momento da reunião familiar. Quem nunca passou horas e horas jogando com primos, irmãos, pais ou tios aqueles jogos de tabuleiros, por mais simples que fossem? É diversão e entretenimento certo para toda a família por horas”, relembra.

Durante esta quarentena, Aérton tem jogado com amigos e sua família. “Por conta das regras, interações entre jogadores, histórias e os objetivos para atingir em grupos ou individualmente, os jogos de tabuleiro conseguem entreter por horas e promover um momento que a gente consiga desopilar um pouco. Jogar faz bem para o raciocínio e os jogos podem ser aquele respiro de diversão em tempos tão melancólicos”, revela.

Sanford explica que durante este momento de quarentena, dosar o contato das crianças com a tecnologia é fundamental. “A recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatria é que o tempo total que o seu filho passa em frente à tela não exceda duas horas por dia, sendo que cada sessão não deve passar de 30 a 40 minutos. Sendo assim, o que vai fazer a diferença no convívio em tempos de distanciamento social é que o adulto possa oferecer repertórios variados, estar disponível para elas o maior tempo possível e criar um momento para realizar jogos em família”.

“Não podemos duvidar de que o jogo no processo de aprendizagem é de suma importância. Acredito que a criança aprende muito com o material concreto. Aquela que brinca, joga, pode encontrar uma maior facilidade para aprender”, reitera. Por isso, Ana sugere alguns jogos que podem ajudar as crianças no desenvolvimento, e Aérton sugere outros para promover a diversão dos adultos. Confira.

Dicas de jogos infantis por Ana Sanford

Xadrez

Além de trabalhar as funções executivas como atenção, memória e raciocínio lógico, é um aliado na fomentação de previsão de movimentos como a antecipação de jogadas.

Cara a cara

O jogo ajuda no desenvolvimento da atenção, estratégia e concentração.

Imagem e ação

Neste jogo, pode-se fazer mímicas ao invés de desenhos, o que favorece a expressão corporal.

Lince

O clássico jogo de achar figuras ajuda na concentração e na memória.

Banco Imobiliário

Exercita raciocínio matemático, entre outras habilidades.

Dicas de jogos adultos por Aérton Freitas

Scythe

É um jogo de tabuleiro definido em um 1920 alternativo da história. É um momento da agricultura e da guerra, corações partidos e engrenagens enferrujadas, inovação e valor.

Root

Root é um jogo de aventura onde dois a quatro jogadores lutam pelo controle de uma vasta região selvagem.

7 Wonder

Os jogadores têm tabuleiros individuais com poderes especiais, onde são colocadas suas cartas. É um jogo de cartas e desenvolvimento.

Villainous

No jogo, cada jogador assume o controle de um dos seis personagens da Disney, cada um deles um vilão em um filme diferente. Cada jogador tem seu próprio deck de vilão, deck de destino, tabuleiro de jogador e uma miniatura do personagem.

Everdell

Everdell é um jogo dinâmico de construção de tabuleiro e alocação de trabalhadores.