PUBLICIDADE
VidaeArte
20 anos

20 anos de Carnaval com Jazz & Blues

Nesta edição, o festival acontece em Guaramiranga, Aquiraz e Fortaleza. Trio Jobim, Guinga e uma homenagem a George Harrison estão entre as atrações musicais do evento

Era março do ano 2000 quando o Carnaval de Guaramiranga recebeu, pela primeira vez, um dos maiores festivais de música do Ceará. Neste ano, o Festival Jazz & Blues realiza sua vigésima edição, levando horas de boa música, agora, para três cidades do Estado. Em clima comemorativo, o evento traz novidades para este Carnaval diferenciado com a presença de personalidades locais e internacionais da música. Com a programação dividida entre eventos pagos e gratuitos, o Jazz & Blues começa entre os dias 2 e 5 de março em Guaramiranga e Aquiraz, e continua no dia 9 de março em Fortaleza.

"O festival surge como uma alternativa para quem não quer curtir as festas tradicionais do Carnaval, além de promover a diversidade e descentralização cultural. Trazer esse tipo de música para o Ceará já é uma descentralização, e levar para o interior é mais ainda. A nossa proposta musical tem uma capacidade de resistência junto ao público que já acontece há 20 anos", conta Maria Amélia, umas das organizadoras do evento. A escolha de Guaramiranga para sediar o festival também não é à toa. De acordo com ela, a cidade tem o melhor cenário para uma sintonia com a música proposta pelo festival.

O acréscimo de uma cidade na programação é uma das novidades do 20º Festival de Jazz & Blues. Além dos quatro dias em Guaramiranga, dois dias da programação ocorrem simultaneamente em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza. No sábado, 2, a cantora e compositora Mell Marques leva o show Canções de Dominguinhos ao Teatro da Tapera das Artes, às 17 horas. Em seguida, a cantora inglesa - radicada no Brasil - Jesuton estreia no Festival com o show Home. No domingo, 3, às 17 horas, o mesmo palco recebe um show montado especialmente para esta edição. Uma fusão inusitada de sons e ritmos compõe o espetáculo Chão, unindo três percussionistas com origens distintas. São eles o cearense Vanildo Franco, o pernambucano Eder "O" Rocha e a argentina Vivi Pozzebón. Chão também será apresentado em Guaramiranga, no sábado, às 11 horas e às 17 horas.

Em Guaramiranga, os quatro dias também serão de celebração e novidade. A programação diária, que se divide entre shows ao pôr do sol, conversas, oficinas, espaço infantil, ensaio abertos e outras atrações, é gratuita, conforme explica Amélia. Apenas os shows da faixa das 21 horas são pagos. Os ingressos podem ser adquiridos na Bilheteria Virtual e no Mercadinhos São Luiz da Aldeota. Nos dias do evento, as entradas também podem ser adquiridas na bilheteria da Cidade Jazz & Blues, em Guaramiranga.

Entre as atrações das 21 horas, está o Trio Jobim, formado Paulo Jobim, Daniel Jobim (filho e neto de Tom Jobim, respectivamente), e pelo baterista Paulo Braga, que leva sucessos do mestre da bossa nova ao festival no sábado. No domingo, Jesuton repete o show Home, baseado em seu primeiro álbum autoral. Na segunda-feira, 4, o violonista carioca Guinga se apresenta com os paulistas Nailor Proveta (clarinetista fundador da Banda Mantiqueira) e Teco Cardoso (saxofonista).

Outra novidade da edição é o Silent Concert, espaço que contará com três diferentes apresentações musicais simultâneas no mesmo local. Para ouvir os shows, as pessoas da platéia recebem headphones com seletor de canais. Cada apresentação é transmitida ao vivo em um dos três canais, e o público pode escolher individualmente qual das atrações quer ouvir, além da possibilidade de mudar de canal se quiser. O espaço acontece no sábado, às 23 horas, e custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Na terça-feira, 5, a partir das 17 horas, acontece o Especial 20 Anos. O show vai unir as apresentações da cearense Kátia Freitas, da banda O Som da Montanha e da Marajazz para o encerramento da edição de 2019.

Um aplicativo com experiência interativa estará disponível durante os dias do evento. Guaramiranga terá totens com QR Code distribuídos em 20 pontos da cidade que já receberam atrações do Festival ao longo das 20 edições. No aplicativo, o usuário pode visualizar um mapa com a indicação dos locais e sua importância na história do Festival.

Depois da quarta-feira de cinzas, no sábado, 9, o Jazz & Blues estaciona em Fortaleza. Os cearenses Felipe Cazaux, Roberto Lessa, Kildare Rios, Márcio Holanda, Eduardo neves, Rafael Balboa e Marcelo Holanda apresentam o espetáculo George Harrison em Blues. A homenagem ao ex-Beatle acontece no Theatro José de Alencar, e também está na programação

de Guaramiranga.

Festival Jazz & Blues 2019

Quando: Guaramiranga, na Cidade Jazz 7 Blues - de sábado, 2, a terça-feira, 5; Aquiraz, no Teatro Tapera das Artes - sábado, 2, e domingo, 3; Fortaleza, no Theatro José de Alencar - sábado, 9 de março

Quanto: shows das 21 horas em Guaramiranga - R$40 (inteira) e R$20 (meia). Silent Concert do dia 02, às 23 horas: R$20 (inteira) e R$10 (meia). As demais atividades do Festival em Guaramiranga são gratuitas.

Como comprar: Bilheteria Virtual (bilheteriavirtual.com.br/evento/2358/Festival_Jazz_e_Blues_2019); Mercadinhos São Luiz (av. Senador Virgílio Távora, 570 - Aldeota); Bilheteria da Cidade Jazz & Blues em Guaramiranga

Programação em Aquiraz: gratuita.

Programação em Fortaleza: R$20 (inteira) e R$10 (meia)

Como comprar: bilheteria do Theatro José de Alencar

Gabrielle Zaranza