PUBLICIDADE
VidaeArte

Ex-vilã?

|Netflix | Nova versão da animação Carmen Sandiego transforma personagem em heroína e ensina sobre a cultura e a geografia de vários países

Em série da Netflix, Carmen San Diego assume papel de heroína
Em série da Netflix, Carmen San Diego assume papel de heroína

Em cartaz na Netflix, a nova versão da série animada Carmen Sandiego apresenta uma mudança significativa no perfil da personagem que dá título ao desenho. Antes vilã, Carmen agora é uma heroína, que luta contra a perigosa instituição criminosa V.I.L.E. - a Liga Internacional de Maldade dos Vilões, em tradução livre da sigla.

A personagem surgiu nos anos 1980 no videogame Where on Earth Is Carmen Sandiego?, em que o jogador precisava atuar como detetive para solucionar os crimes da vilã e descobrir onde, no mundo, ela havia se escondido. Com isso, os jogadores aprendiam, também, sobre a geografia global.

Nos anos 1990, foi produzida uma primeira série animada, que ficou em cartaz na TV dos EUA entre 1994 a 1999. No Brasil, a animação chegou a ser transmitida em programas infantis na Globo e no SBT. Mais uma vez, Carmen aparecia como a vilã, responsável por grandes roubos e fraudes pelo mundo. Os mocinhos eram os detetives.

Agora, a série volta totalmente repaginada na Netflix. Já nos primeiros dos nove episódios da primeira temporada, o público descobre a história de origem de Carmen que, na verdade, foi abandonada quando criança e criada no centro de operações da V.I L.E.. Ao crescer, a Ovelha Negra, como era chamada, descobriu que ser ladra era sua verdadeira vocação, sem saber, no entanto, como tudo isso era errado.

Ao se dar conta das maldades da V.I.L.E., ela resolve atuar como uma espécie de Robin Hood, e "roubar os roubos" orquestrados pela instituição do mal. É quando entra em campo a parte educacional da série, que, tal qual o game original, ensina sobre a cultura e geografia de países por todo o mundo.

Outro destaque da nova série é que a personagem de Carmen reaparece um pouco mais nova que a original, como uma jovem-adulta. Para os fãs mais apegados, algumas características de Carmen foram mantidas, como o fashion casaco vermelho e a sua série de dispositivos e engenhocas modernas.

Com Carmen Sandiego, a Netflix investe em mais uma série de animação protagonizada por uma personagem feminina forte. Nos últimos meses, chegaram também à plataforma as atrações She-Ra e as Princesas do Poder e Hilda.

Em sua dublagem original, em inglês, a animação Carmen Sandiego traz uma equipe de peso. A protagonista recebe a voz da atriz Gina Rodriguez, vencedora do Globo de Ouro por sua atuação na série de comédia Jane The Virgin.

Os fãs de séries de TV vão reconhecer, também, a voz de seu principal ajudante, o hacker Player - personagem que faz referência aos jogadores do videogame original. Quem dubla o adolescente é o ator Finn Wolfhard, conhecido por viver o Mike de Stranger Things.

Outro destaque na equipe de dublagem é a presença de Rita Moreno numa participação especial como a personagem Cookie Booker. Na primeira série animada sobre a vilã, nos anos 1990, era Moreno quem dublava de Carmen Sandiego. (Agência Estado)

(Agência Estado)