PUBLICIDADE
Vida e Arte
review

Resident Evil 2 Remake renova um clássico dos games e impressiona

A versão original do game foi laçada há mais de 10 anos atrás, em 1998. Foi também um marco para a época e um título que influenciou o mercado nos anos seguintes

07/02/2019 14:51:30
Resident Evil 2 Remake traz para a geração atual de consoles um dos maiores clássicos do gênero do games de sobrevivência e horror de todos os tempos
Resident Evil 2 Remake traz para a geração atual de consoles um dos maiores clássicos do gênero do games de sobrevivência e horror de todos os tempos

A primeira edição de "Resident Evil 2", lançada em 1998 para o Playstation, além de sucesso de vendas, se tornou um marco da indústria e ponto determinante de alavancagem do gênero dos games de horror de sobrevivência (ou Survivor Horror) nos consoles. Mesmo com o lançamento de diversos novos títulos ao longo do anos, RE2 ainda é, para muitos, o ponto alto da série. Apesar da dantesca tarefa de atualizar um clássico para as expectativas atuais do público, fazendo jus à qualidade da versão original, Resident Evil 2 Remake tem defeitos, mas supera expectativas e conquista seu espaço como mais um marco da franquia.

Muito mudou, mas a base da narrativa de RE2 Remake se mantém a mesma. A cidade fictícia de Raccon City, nos EUA, foi tomada por um surto viral que transformou seus habitantes em zumbis misteriosamente. Logo de início, o jogador é forçado a escolher seguir no game controlando o policial novato, Leon S. Kennedy ou a motociclista cheia de atitude, Claire Redfield, ambos recém-chegados na cidade. Infelizmente, diferente do game original, quem escolher jogar com Leon percorrerá praticamente os mesmos caminhos que os de quem o fizer com Claire, com a exceção de alguns inimigos, companheiros e coletáveis, que diferem entre as aventuras das duas figuras.

A fim de trazer a experiência original de Resident Evil 2 para os dias atuais, mudanças foram feitas na estrutura do jogo. Além dos personagens principais, da locação e de pontos principais do enredo, todo o resto foi alterado, subvertendo expectativas e fazendo até o mais recorrente jogador da obra primordial sentir estar jogando um game novo, porém familiar. Diversos quebra-cabeças presentes no game foram remodelados e a arquitetura de prédios onde a história se passa foram alterados também.

Outro aspecto modificado profundamente foi a dinâmica de movimentação e a perspectiva do jogador em relação ao personagem. RE2 Remake empresta de Resident Evil 4, 5 e 6 o enquadramento em terceira pessoa, mantendo a visão do jogador constantemente acima dos ombros do personagem, facilitando sua movimentação e mantendo a atmosfera de tensão do game. Desta maneira, o controle do avatar torna-se mais fácil e intuitivo. Para contrabalancear uma possível diminuição na dificuldade do game por conta desta mudança, os zumbis do remake são mais difíceis de derrotar que os do game original e novos inimigos, mais poderosos e ágeis são apresentados.

Os visuais de Resident Evil 2 Remake são fantásticos. O software gráfico desenvolvido para Resident Evil 7 (game anterior da série) é aprimorado nesta edição e propicia a recriação dos ambientes originais do videogame em três dimensões, aderindo a estes uma camada de fotorrealismo e animações impressionantes.

Apavorante, divertido e belo, Resident Evil 2 é e sempre será um marco pela capacidade de balancear meticulosamente estes atributos e produzir com eles uma experiência única nos videogames. Seu remake honra o legado da série e traz novas funcionalidades e elementos que, junto a uma estética de alta qualidade, dão vida nova a um verdadeiro clássico. Esta é uma fantástica releitura de um dos melhores jogos de zumbi de todos os tempos e merece ser celebrado, e é claro, jogado.

Resident Evil 2 Remake está disponível para Playstation 4, Xbox One X e PC.

Davi Rocha 

Especial para O POVO

Davi Rocha é integrante do canal de Youtube Bacontástico