Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Três designers na final do concurso para a pintura "mais japonesa" para o Novo Nissan Kicks

Três projetos seguem agora para a segunda fase do concurso. Os materiais serão novamente analisados pela comissão julgadora e o grande vencedor será conhecido na próxima segunda-feira, 27
19:30 | Jun. 23, 2022
Autor Jocélio leal
Foto do autor
Jocélio leal Editor-chefe dos núcleos de Economia e Negócios (Veículos, Imóveis e Empregos&Carreiras)
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Nissan selecionou os três projetos finalistas do "Concurso Acadêmico de Design Gráfico Novo Nissan Kicks". A montadora busca a pintura para o crossover da marca que melhor represente a cultura japonesa. A comissão julgadora do concurso recebeu projetos de universitários de várias instituições de ensino e mirou em três parâmetros principais: originalidade, criatividade e adaptação ao tema do concurso.

Após a avaliação de todos os inscritos, os autores dos três projetos finalistas foram indicados. São eles, em ordem alfabética: Bruna Fujikawa de Meneses (Centro Universitário de Belas Artes – SP), Henrique Cantilho da Silva (Universidade Federal do Rio de Janeiro – RJ) e Ricardo Munhoz Santiago Junior (Instituto Mauá de Tecnologia – SP).

Em seu projeto, Bruna Fujikawa de Meneses representou o processo de movimento dos imigrantes do Japão para o Brasil. Usou ilustrações de carpas, símbolo de força e prosperidade. "As formas semicirculares em conjunto com as cores características da bandeira brasileira têm a intenção de representar a mescla entre as duas culturas", descreveu no projeto.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Pensando na cultura japonesa e sua mitologia resolvi criar um design arrojado para contar a história japonesa" contou na descrição do seu projeto Ricardo Munhoz Santiago Junior. Ele adotou como inspiração elementos como a deusa do Sol na mitologia japonesa, Amaterasu, a obra do pintor Hokusai "A grande onda de Kanagawa" e cerejeiras.

Henrique Cantilho da Silva contou a história da imigração japonesa no Brasil em três capítulos. "Partida, Jornada e Chegada, em cada lado do carro, com referências de técnicas de expressão artísticas japonesas e ideias abstratas de minha autoria".

Os três projetos seguem agora para a segunda fase do concurso. Os materiais serão novamente analisados pela comissão julgadora e o grande vencedor será conhecido na próxima segunda-feira, 27.

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar