Participamos do

GM e Honda prometem elétricos mais acessíveis

As duas empresas estão trabalhando para viabilizar a produção, a partir de 2027, de milhões de unidades desta inédita família de veículos elétricos, que inclui modelos tipo SUVs compactos
13:58 | Abr. 05, 2022
Autor Joelma Leal
Foto do autor
Joelma Leal Titular da coluna Layout e editora-executiva do Anuário do Ceará
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A General Motors e a Honda anunciam o desenvolvimento em conjunto de uma família de veículos elétricos mais acessíveis. Os carros terão como base uma nova arquitetura global e serão equipados com baterias Ultium de geração avançada.

As duas empresas estão trabalhando em conjunto para viabilizar a produção, a partir de 2027, de milhões de unidades desta inédita família de veículos elétricos, que inclui modelos tipo SUVs compactos, aproveitando as estratégias de tecnologia, design e suprimento de ambas. O acordo prevê também a uniformização de componentes e processos para o estabelecimento de um padrão internacional de qualidade, além de maior produtividade e otimização dos custos. O segmento de SUVs compactos é hoje o maior do mundo, com venda anual de mais de 13 milhões de unidades.

A GM e a Honda vão avaliar oportunidades para o desenvolvimento em conjunto de novas gerações de baterias. Segundo as marcas, a proposta é continuar reduzindo os custos da eletrificação, elevando o desempenho e impulsionando a sustentabilidade de veículos futuros.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A GM garante estar trabalhando para acelerar a adoção de novas tecnologias, como as baterias em estado sólido e as de íon-lítio com silício, juntamente com esquemas de produção que podem ser rapidamente aplicados para aperfeiçoar e atualizar os processos de fabricação de células de bateria. Já a Honda está progredindo com suas baterias sólidas que a companhia enxerga como elemento central dos futuros EVs. A tecnologia vem sendo demonstrada no Japão pela companhia, que está fazendo avanços rumo à produção em massa.

“A GM e a Honda vão compartilhar o que tem de melhor em termos de tecnologia, design e manufatura para oferecer uma linha atrativa e mais acessível de veículos elétricos em escala global, incluindo nossos principais mercados na América do Norte, América do Sul e China”, disse Mary Barra, presidente e CEO da General Motors. “Este é um passo fundamental para o cumprimento do nosso compromisso de alcançar a neutralidade em carbono de nossos produtos e operações globais até 2040 e eliminar as emissões dos automóveis nos EUA até 2035. Trabalhando juntos, colocaremos pessoas ao redor do mundo a bordo de EVs mais rápido do que qualquer empresa alcançaria por conta própria., acrescenta.

O presidente e CEO da Honda, Toshihiro Mibe, afirma que "a Honda está comprometida em alcançar sua neutralidade em carbono globalmente até 2050, o que exige a redução do custo dos veículos elétricos para tornar a posse dos EVs possível para o maior número de consumidores”. Ele complementa que “A Honda e a GM vão aproveitar esta colaboração tecnológica bem-sucedida para ajudar a alcançar uma expressiva expansão no comércio de veículos elétricos.”

“O progresso que tivemos com a GM desde que anunciamos a parceria no desenvolvimento de baterias para EVs em 2018, seguido do desenvolvimento conjunto de veículos elétricos como o Honda Prologue, tem demostrado uma relação de ganha-ganha que pode criar novo valor para nossos clientes”, disse Shinji Aoyama, diretor-executivo sênior da Honda. “Esta nova família de EVs mais acessíveis se baseará neste relacionamento, elevando nosso poder de desenvolvimento e produção de veículos compactos de alta qualidade.

“Nossa parceria com a Honda e o contínuo desenvolvimento da tecnologia Ultium são os alicerces desse projeto, utilizando nossa escala global para permitir reduções das bases de custos desta nova família de EVs para beneficiar milhares de consumidores”, disse Doug Parks, vice-presidente executivo de desenvolvimento global de produtos, compras e cadeia de suprimentos da GM. “Nossos planos incluem um carro elétrico completamente inédito para a América do Norte posicionado abaixo do Chevrolet Equinox EV que ainda será lançado, aproveitando os 2 milhões de unidades de capacidade produtiva que a companhia planeja ter para fabricar EVs até o fim de 2025.”

A GM e a Honda têm desenvolvido vários projetos recentes focados em tecnologias para veículos elétricos e autônomos. Em 2013, as duas empresas iniciaram o desenvolvimento conjunto de um sistema de célula de combustível de última geração e de soluções para o armazenamento de hidrogênio. Em 2018, a Honda se juntou aos esforços de desenvolvimento dos módulos de bateria para EVs da GM. Em 2020, as duas companhias anunciaram planos de projetar dois carros elétricos, incluindo o Honda Prologue, para ser lançado no início de 2024, e, logo na sequência, o primeiro SUV da marca Acura. Além disso, GM e Honda estão juntas na Cruise. Aqui, a parceria está resultando no Cruise Origin, um dos primeiros carros completamente autônomos pensados para o serviço de robô-táxi e entregas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade.

Aceitar