Participamos do

O POVO testou o Fiat Argo; confira resenha

O hatch compacto da Fiat é confortável, apresenta um design charmoso e proporciona dirigibilidade agradável. A falta de alguns itens na versão básica deixa a desejar
16:00 | Out. 15, 2021
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Fiat está liderando a venda de veículos novos no País há nove meses. Entre os destaques, está o Argo, que em julho chegou a ser o automóvel mais vendido no Brasil, com 10.873 unidades comercializadas. Testamos o Fiat Argo 2021 por 15 dias no perímetro urbano em Fortaleza.

O ar-condicionado, digital de função automática, funciona bem e começa a agir rápido – essencial para amenizar o calor sempre acima dos 30°C na capital cearense. A central multimídia, de 7 polegadas, é um destaque positivo, já que fica numa posição mais elevada e garante boa visibilidade. Porém a tela embutida no painel deixaria o visual interno ainda mais bonito.

A média de gasto de combustível, abastecido com gasolina e ar-condicionado ligado, foi de 11km/l, o que deixa o automóvel na média de gasto em seu segmento.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Mesmo na versão básica, o design do Argo é charmoso, unindo robustez e modernidade. A grade frontal chama a atenção. Internamente, o acabamento é ótimo, proporcionando conforto a motorista e passageiro.

O espaço interno é bom e deixa os demais ocupantes confortáveis. Senti falta de mais porta-objetos, além dos já existentes. Destaque positivo para a direção elétrica e os retrovisores. 

O ajuste de altura do banco do motorista e do volante faz a diferença quando bem acertado. As saídas USB são também um ponto interessante. Os comandos no volante para acessar a central multimídia são intuitivos e bem completos.

É um carro macio de dirigir; a direção elétrica, bem leve, contribui para a sensação.

O Argo 1.0 flex 2022, básico, com câmbio manual, está sendo vendido a partir de R$ 64.990 nas concessionárias em Fortaleza. A versão Drive 1.0 2022 é encontrada a partir de R$ 73.990. Pagando um valor adicional, é possível acrescentar itens opcionais para deixar o compacto com um visual mais esportivo, com rodas de aro 15 mais escuras e logotipo em um acabamento preto.

E isto é um ponto negativo: sensor de ré é considerado item adicional e, para isso, o condutor precisa pagar um valor a mais. Assim como pino para reboque e alças de teto.

Mais vendidos
O Argo também está entre os três modelos mais vendidos do mercado no ano, até este início de outubro. Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). É certo que muito dessa liderança no compacto se deve à paralisação da produção da fábrica da GM.

Sem o Chevrolet Onix abastecendo o mercado, que é primeiro no ranking de vendas há anos, Fiat Argo e HB20 (Hyundai) têm liderado o segmento de compactos. A fábrica da GM volta a funcionar mesmo que parcialmente. Assim, os próximos meses dirão como o mercado se comportará com a volta do Onix.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags