Participamos do

Cearenses desenvolvem Inteligência Artificial para mamografia

A healthtech cearense Audo, especializada em radiologia, mostra pioneirismo no desenvolvimento da Inteligência Artificial.
09:20 | Out. 13, 2021
Autor Hamilton Nogueira
Foto do autor
Hamilton Nogueira Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A healthtech cearense Audo, especializada em radiologia, registra para si o desenvolvimento da primeira Inteligência Artificial (IA) para mamografia totalmente brasileira. Promete assim contribuir fortemente para a transformação do rastreio e diagnóstico precoce do câncer de mama no Brasil.

A ferramenta integra a DAMA, um sistema completo para a realização de mamografias. A tecnologia já possui registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e chega ao mercado com baixo custo, o que facilita o acesso por clínicas de pequeno e médio porte.

A DAMA usa a Inteligência Artificial para maior precisão nos laudos, como se fosse uma segunda opinião na análise daquele exame. Além disso, prevê mais segurança na gestão das imagens. “O exame de mamografia tem algumas particularidades, como exigir um monitor 4K apropriado para a visualização das imagens. Devido ao alto custo desse processo, muitos serviços de radiologia optam por enviar os exames de forma impressa para os médicos, e esse translado pode gerar vários problemas. A DAMA vai contribuir para transformar esse cenário”, explica Milena Rosado, CEO da Audo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A tecnologia foi elaborada pelo time de desenvolvimento da Audo, com gerência técnica de Leonardo Pires, mestre em Informática Aplicada e especialista em Desenvolvimento de Software, e co-fundador da Audo; e conduzida por Ygor Rebouças Serpa, mestre em Informática Aplicada e especialista em Inteligência Artificial - ambos alunos da professora doutora Andreia Formico, PhD em Ciências da Computação pelo Imperial College London, que recebeu o diagnóstico de câncer de mama em 2009. Após vencer a batalha contra o câncer, ela assumiu a pesquisa sobre a doença. A DAMA nasceu como resultado dos trabalhos orientados por Andreia: uma ferramenta que auxilia os profissionais de saúde a salvar vidas.

A DAMA conta com algoritmo de IA, em sistema de aprendizado contínuo, no qual todas as descobertas podem ser aprovadas, rejeitadas ou corrigidas pelo profissional de saúde, o que faz com que o algoritmo seja retroalimentado para ficar mais inteligente. Da forma que foi desenvolvida, essa inovação não veio para substituir o médico, mas para ser uma aliada dele. Além disso, a DAMA é uma ferramenta que abrange todo o serviço de mamografia, contribuindo para para que todos os processos fiquem mais automatizados e digitais, evitando atritos e o retrabalho para os médicos e instituições.

Apesar de o Brasil ter pesquisas e testes com Inteligência Artificial em andamento, a DAMA é a primeira delas com aporte e desenvolvimento totalmente nacionais. A solução elaborada pela Audo teve investimento de R$ 500 mil, boa parte por meio de subvenção da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), através dos editais Inovafit I e II.


Sobre a Audo

Iniciativa com DNA cearense, a Audo surgiu para solucionar gargalos da área de diagnóstico com tecnologia e inovação. A empresa iniciou no programa da Ventiur, aceleradora do Rio Grande do Sul com expertise em saúde, e contou com subvenção e investimento de R$ 1,5 milhão da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e do Banco do Nordeste (BNB).

Além da DAMA, a Audo trabalha com o sistema PACS (traduzido do inglês, Sistema de Comunicação e Arquivamento de Imagens), responsável por gerenciar e otimizar o fluxo de imagens em clínicas de diagnóstico; e está desenvolvendo um sistema focado na criação de uma rede interligada de radiologistas. A equipe de desenvolvedores tem, ainda, um projeto de Inteligência Artificial voltado para o diagnóstico de nódulos no pulmão.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags