Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Evento digital e gratuito traz empreendedorismo com certificado

Evento digital gratuito e com certificado traz empreendedorismo como tema
11:27 | Set. 09, 2021
Autor Hamilton Nogueira
Foto do autor
Hamilton Nogueira Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um dos serviços mais impactados pela pandemia foi o do delivery - mercado que se tornou ainda mais fundamental, estimulando o maior consumo e influenciando hábitos da população, tanto com relação ao aumento da frequência de pedidos por um mesmo usuário de apps de entrega, como com a chegada de novos consumidores. Pensando nisso, a Promove convidou Tiago Diógenes, CEO de Menu Brands, empresa que cresceu mais de 40% em 2020, para falar desse tema.

Tiago Diógenes vislumbrou no mercado de delivery um modelo de negócio que poderia se tornar tendência com a entrada das foodtechs no setor. Em Fortaleza, no começo dos anos 2010, o delivery era ainda um serviço ofertado de forma bastante amadora, como forma de incrementar o faturamento do salão, ou restrito a lanches, à pizza de domingo ou opções étnicas, como a culinária chinesa.

Diógenes percebeu que, no caso do delivery, “o foco do serviço deveria ser a comodidade do cliente em otimizar o seu ativo mais importante: o tempo. Para satisfazer o desejo de vivenciar experiências, os restaurantes com atendimento presencial continuariam sendo a primeira escolha, mas para fazer uma refeição com prato executivo assinado por uma chef, um bom custo-benefício e atendimento no tempo correto, o delivery seria a opção ideal”.

Apesar da ausência do atendimento de salão, com mesas, garçons e a presença física do cliente, o trabalho no gerenciamento de uma dark kitchen não é menor. Pelo contrário, é preciso entender cada passo da cadeia logística envolvida no serviço de delivery de alimentos para que se possa otimizar tempo, custos e resultados. É sobre esse mercado que Tiago Diógenes vai falar.

O evento que acontece no dia 29 de Setembro, às 19h, com transmissão ao vivo através do Canal do Youtube da Promove conta com a moderação de Wladson Sidney para debater sobre empreendedorismo e compartilhar algumas lições aprendidas, desafios dos proprietários de restaurantes, competências essenciais e estratégicas na era digital com app de entrega, o futuro do crescimento do mercado de delivery no Brasil e a necessidade da expansão.

INSCRIÇÃO: https://forms.gle/d1nWH7ewrGBffYqSA
DATA: 29 de Setembro de 2021, às 19h, pelo canal da Promove no YOUTUBE

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

A Fazenda 13: confira os participantes confirmados no reality

Reality Show
11:22 | Set. 09, 2021
Autor Ana Flávia Marques
Foto do autor
Ana Flávia Marques Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os novos participantes de A Fazenda 13 já estão confinados e durante o programa "Hoje em Dia" da RecordTV foi revelado o nome de sete peões. Na coletiva de imprensa também foram apresentadas as novidades da edição de 2021, que estreia no dia 14 de setembro.

No programa, Adriane Galisteu afirmou que tem se preparado muito para sua estreia e já adiantou como pretende agir na condução do reality. "Meu papel não é ser professora de ninguém, mas é conduzir da melhor maneira para quem está em casa. A gente tem que entregar entretenimento", declarou. "Não vou ser tão boazinha, os peões têm que seguir as regras".

A equipe da RecordTV também informou quais novidades o público irá ver na nova edição. Uma delas é a inclusão de novos animais, como vacas com chifres. O programa também oferecerá a partir desta edição o serviço de payperview, que já havia sido pedido em edições passadas. Com diversas câmeras, o público poderá assistir o reality 24 horas por dia, através do Playplus, o serviço de streaming da emissora.

Ao todo são 20 participantes, mas no programa apenas sete dos peões foram revelados. Rodrigo Carelli, diretor do núcleo de realities da emissora, revelou como é feita a escolha do elenco: primeiro é feita uma lista com possíveis nomes. Ao contatar cada um, o diretor verifica se realmente há interesse pelo prêmio, ou se o candidato quer apenas "aparecer".

Confira sete peões de "A Fazenda 13":

Victor Pecoraro

O primeiro participante revelado foi o ator Victor Pecoraro, conhecido pelos trabalhos em "Chocolate com Pimenta" na TV Globo, "Os Dez Mandamentos" na Record e "As Aventuras de Poliana" no SBT. É casado com a modelo Renato Muller, com quem tem duas filhas, Sophia e Rebekah.

"Estou indo pelo prêmio de 1 milhão e meio de reais", declarou. "Minha estratégia é cuidar dos bichinhos e podar as ervas venenosas", brincou.

Mussunzinho

O segundo nome apresentado foi Mussunzinho, filho do humorista Mussum. Já atuou nas novelas "Caminho das Índias" e "América". Também foi apresentador da TV Globinho, no ano de 2010. O artista é casado há três anos e tem um filho.

Mussunzinho afirmou que pretende entrar de coração aberto no programa e o público irá conhecê-lo de verdade. "Meu público me conhece pelos personagens, eu não tenho uma vida pública aberta. Eles poderão me conhecer agora".

Liziane Gutierrez

Conhecida pelas plásticas e polêmicas, Liziane Gutierrez foi a terceira participante confirmada de A Fazenda 13. A modelo saiu na mídia internacional, no ano de 2015, ao afirmar que o cantor Jason Derulo a abandonou em Las Vegas após ela se recusar a fazer sexo com ele. Em 2016, Liziane acusou Chris Brown de ter socado seu rosto, mas o caso foi arquivado por falta de provas. Dois anos depois, foi expulsa da área VIP do show de Dua Lipa ao usar uma camiseta com a hashtag "Ele sim" em apoio a Jair Bolsonaro.

"Eu não procuro barraco, porém não fujo deles", afirmou a modelo. Durante a coletiva de imprensa, Liziane foi questionada se entra em brigas por mídia, mas negou. "Não mudo minha personalidade se tem câmera ou não. Nunca fiz barraco para aparecer", declarou. "Vocês vão conhecer um lado que vai além da personalidade forte e dos barracos. Vocês vão conhecer uma LG totalmente diferente, que vocês vão amar ou odiar".

Nego do Borel

Em meio às denúncias de violência doméstica, Leno Maycon, conhecido como Nego do Borel foi o quarto peão confirmado. O artista é acusado de agressão pela ex-namorada, Duda Reis. O cantor já lançou três álbuns e entre seus principais sucessos na música estão "Me Solta" e "Você Partiu Meu Coração". 

Nego acredita que o público irá conhecê-lo melhor através do reality. "Eu sei quem eu sou e a Fazenda dá oportunidade para o Brasil conhecer as pessoas", declarou. O artista também afirmou que não pretende mencionar os processos que estão sendo movidos contra ele. "Não quero falar sobre minha ex, está tudo nas mãos da justiça. Algumas coisas eu tenho que falar, porque fui injustiçado", afirmou.

Tati Quebra Barraco

A cantora Tati Quebra Barraco foi a quinta confirmada. "As pessoas têm que ser verdadeiras, independente do jogo", declarou. Ela também disse o que acha que a fará ganhar o programa. "Acho que ser verdadeira do jeito que eu sou, falar o que eu acho, o que eu penso. Independente das cirscustâncias, ser eu. Não sou atriz, não vou atuar".

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Custo da construção civil sobe 2,05% no Ceará, abaixo do mês passado

Economia
11:19 | Set. 09, 2021
Autor Beatriz Cavalcante
Foto do autor
Beatriz Cavalcante Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O custo para construir no Ceará, medido pelo Índice da Construção Civil (Sinapi), subiu 2,05% em agosto, mas ficou 1,23 ponto percentual abaixo da taxa de julho (3,28%).

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e índices da Construção Civil (Sinapi).

Apesar de subir menos neste mês, o Ceará teve a segunda maior variação mensal dentre os estados pesquisados, atrás apenas de Santa Catarina (3,65%). O maior impacto veio do reajuste na mão de obra previsto em convenção coletiva.

No acumulado dos últimos 12 meses, a taxa no Estado é de 23,48%, pouco acima dos 12 meses imediatamente anteriores (22,81%) e o maior da série histórica.

Já o acumulado de janeiro a agosto ficou em 15,63%. Em agosto de 2020, o índice foi 1,50%.

Na avaliação do custo da construção no Ceará por metro quadrado, que em julho havia fechado em R$ 1.340, ficou em R$ 1.367,46 para agosto, sendo R$ 854,16 relativos aos materiais e R$ 513,30 à mão de obra.

“No caso da mão de obra, houve dissídios em Santa Catarina e no Ceará, estados que apresentaram as maiores taxas: 3,65% e 2,05% respectivamente. Todos os demais estados apresentaram variações próximas a 1%”, analisa o gerente do Sinapi, Augusto Oliveira.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fortaleza tem o melhor aproveitamento da Série A em duelos contra equipes do G-6

11:14 | Set. 09, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Buscando encerrar a sequência de quatro jogos sem vencer no Brasileirão, o Fortaleza terá um grande desafio diante do líder Atlético-MG. Apesar de o adversário estar na ponta da tabela, a torcida tricolor tem motivos para ficar confiante no duelo. Segundo o Footstats, o Leão é a equipe com maior aproveitamento enfrentando o G-6 (80%), além de estar 100% nos duelos contra os quatro primeiros colocados da Série A.

Com apenas uma derrota contra os seis primeiros colocados, no revés contra o Flamengo, por 2 a 1, o time do Pici venceu todos os outros embates contra o G-6. Foram triunfos contra o Galo (2 a 1), Corinthians (1 a 0), Bragantino (1 a 0) e Palmeiras (3 a 2), roubando pontos de adversários diretos na tabela. Afunilando e colocando somente os clubes do G-4, o Leão segue imbatível. Foram três vitórias e 100% de aproveitamento.

Outro destaque do confronto será o embate do segundo melhor mandante contra o melhor visitante. Atrás do Palmeiras no quesito, o Fortaleza é o dono da segunda melhor campanha em casa. Foram seis vitórias, três empates e nenhuma derrota. Invicto no Castelão, o Tricolor somou 21 pontos e tem um aproveitamento de 77,78%.

Já os mineiros estão empatados com o Massa Bruta e os dois são os visitantes mais indigestos desta Série A. Com 20 pontos conquistados longe do Mineirão, o Atlético-MG teve seis vitórias, dois empates e duas derrotas, obtendo um aproveitamento de 66,67%.

O confronto entre o terceiro colocado, o Fortaleza, com 33 pontos, contra o líder Galo, com 39, acontece neste domingo, 12, às 16 horas, na Arena Castelão, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

">

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Confira arbitragem dos jogos de Ceará e Fortaleza na 20ª rodada da Série A

Olho no apito
11:07 | Set. 09, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu a escala de arbitragem para os confrontos da 20ª rodada da Série A - a primeira do returno. O paulista Flávio Rodrigues de Souza apitará Grêmio-RS x Ceará, enquanto o catarinense Braulio da Silva Machado será o árbitro de Fortaleza x Atlético-MG.

O Vovô visita o time gaúcho no próximo domingo, 12, às 11 horas, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Flávio Rodrigues de Souza, que pertence ao quadro da Fifa, será auxiliado pelos paulistas Marcelo Carvalho Van Gasse e Gustavo Rodrigues de Oliveira e Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral será responsável pelo VAR.

Já o Tricolor recebe o Galo às 16 horas de domingo, 12, na Arena Castelão. Braulio da Silva Machado, também do quadro de árbitros da Fifa, terá os conterrâneos Henrique Neu Ribeiro e Johnny Barros de Oliveira como assistentes. O paraibano Wagner Reway será o árbitro de vídeo.

O Alvinegro ocupa a décima posição do Brasileirão, com 24 pontos, enquanto o Leão está na terceira colocação, com 33 pontos.

Escala de arbitragem da 20ª rodada da Série A

Grêmio-RS x Ceará

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza/SP
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse/SP e Gustavo Rodrigues de Oliveira/SP
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral/SP

Fortaleza x Atlético-MG

Árbitro: Braulio da Silva Machado/SC
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro/SC e Johnny Barros de Oliveira/SC
VAR: Wagner Reway/PB

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Áudios chamam Bolsonaro de frouxo por pedir fim de bloqueio de caminhoneiros, diz jornalista

Política
10:52 | Set. 09, 2021
Autor Vítor Magalhães
Foto do autor
Vítor Magalhães Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os caminhoneiros que realizam bloqueios em rodovias como forma de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estão divididos sobre a manutenção da paralisação após divulgação de áudio no qual Bolsonaro pede que eles voltem ao trabalho. Enquanto uns acham que a mensagem é falsa, outros tendem a acreditar e há ainda alguns que chamam o presidente de “frouxo”.

A informação é da coluna do jornalista Leonardo Sakamoto, do UOL, que teve acesso a grupos de caminhoneiros em aplicativos de mensagens. Caminhoneiros trancam rodovias em pelo menos 15 estados desde a última quarta-feira, 8, na esteira das manifestações de 7 de setembro apoiadas pelo presidente.

"Sinceramente, se nosso presidente falou isso, se o Tarcísio (ministro da Infraestrutura) falou isso, estão sendo muito frouxos. Começa uma treta, não consegue manter? São frouxos! A gente está com eles, e agora começando uma treta que os caminhoneiros não vão parar tão cedo. Agora, já que falaram, assume a porra da bucha!", diz um áudio.

"Estamos com eles, não largo mão, tamo junto... Só que começaram com uma classe que não vai parar tão cedo. Agora segura firme, porra!", afirma um segundo áudio em grupos de caminhoneiros.

Entre os que duvidam da veracidade da mensagem do presidente pedindo a volta ao trabalho, circulam recomendações falando em aguardar um posicionamento formal de Bolsonaro. "O presidente tem total liberdade de falar em cadeia nacional. Se ele tiver que mandar um recado, ele vai abrir o canal dele, vai falar para gente o que precisa falar. Porque tem muita gente que imita a voz do Lula, do Bolsonaro, de qualquer pessoal. E acaba sendo fake news", ouve-se em um dos áudios.

Os caminhoneiros protestam em apoio ao presidente e contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF); Na última quarta-feira, 8, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, precisou gravar um vídeo confirmando a veracidade de um áudio gravado por Bolsonaro.

“8 de setembro, já passa das 10h38 da noite, e nos grupos de caminhoneiros muita gente está questionando se um áudio que vazou do presidente da República é real e se esse áudio é atual. (…) É real, é de hoje e mostra a preocupação do presidente com a paralisação”, diz o ministro que reforça o apelo na sequência: “Essa paralisação ia agravar efeitos na economia, de inflação que ia impactar os mais pobres”.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags