Participamos do

Live aborda o futuro do Call center

A live do O POVO Tecnologia desta quarta, 25, recebe Geraldo Brasil da JobHome para falar sobre o futuro do call center.
12:12 | Ago. 25, 2021
Autor Hamilton Nogueira
Foto do autor
Hamilton Nogueira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Central de atendimento ou call center é um serviço controverso, mas que é difícil viver sem ele. E entre a necessidade do cliente e a voz de quem atende, humana ou gravada, tem uma infinidade de telas que precisam ser visualizadas mentalmente, tem também a dificuldade de entendimento entre sua voz e a assistente virtual, a busca pela opção que passa o atendimento para o ser humano, e as instabilidades da telefonia. Isso para citar apenas alguns.

Mas aí surgem atendimentos pelo WhatsApp às vezes amigáveis, às vezes nem tanto, mas avançando. E o atendimento via rede social que nem sempre é imediato, mas, já salvou esse colunista de grandes problemas. Agora pegue tudo isso e transfira para um contexto de pandemia, com todos os atendentes em casa e todas aquelas características que você conhece bem: cansaço, barulhos, metodologias novas e tudo mais.

Pois bem, esse setor vem mudando muito porque, como tenho dito aqui, quanto mais digitalização, mais habilidades humanas serão necessárias. Engajamento, conveniência, rapidez na identificação do problema, como tratar o usuário, por qual meio, inteligência artificial até determinado limite, enfim. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Tudo isso é para dizer que esse é o tema de hoje da Live do O POVO Tecnologia. Começa 17:30 em Ponto nas redes sociais do O POVO. Eu, você e Geraldo Brasil - fundador da JobHome, startup especializada em teleatendimento.

Sobre a JobHome

Startup de teleatendimento humanizado que há 5 anos está no mercado com posições de trabalho home office e hoje 93% da força de trabalho são mulheres com filhos na faixa de 3 a 14 anos. A empresa também é a única do setor de teleatendimento que conseguiu reduzir de 44% para 2% o turnover de colaboradores de call center, devido a maior qualidade de vida em poder trabalhar de casa, CLT e com diversos benefícios, além de receber toda estrutura de equipamentos e atendem grandes clientes como Universal Music, Oba Box, TopTherm, entre outros. A JobHome nasceu com o propósito de levar as melhores experiências de teleatendimento ao mercado, unindo tecnologia e qualidade de vida aos colaboradores. A startup oferece uma solução para problemas comuns de call center, aliando a isso uma forma de reduzir custos em infraestrutura e atraindo um perfil diferente de operador.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente