PUBLICIDADE
Tecnologia
Noticia

Xiaomi irá produzir 60 smartphones por minuto em fábrica automatizada

A nova fábrica será equipada com tecnologia 5G e pode aumentar em até 60% a capacidade de produção quando comparada com outras montadoras

12:26 | 17/02/2020
Séries de celulares do Mi 10 terá produção automatizada
Séries de celulares do Mi 10 terá produção automatizada (Foto: Xiaomi/Divulgação)

Durante o lançamento do Xiaomi Mi 10 em conferência online, o CEO da Xiaomi, Lei Jun, afirmou que a primeira fase da fábrica experimental de celulares da companhia está concluída. A sede fica em Yizhuang, a cerca de 21 km de distância da capital Pequim, e será totalmente automatizada, dispensando a mão de obra humana. Segundo ele, "o grau de automação é muito alto" e confirmou que a próxima geração de fábricas da companhia será robotizada.

A nova fábrica será equipada com tecnologia 5G e poderá produzir cerca de 3600 equipamentos por hora, o que dá cerca de 60 smartphones por minuto. A capacidade pode aumentar em até 60% quando comparada com outras fábricas tradicionais. No entanto, em declaração oficial da companhia chinesa, a Xiaomi diz que a planta de Yizhuang é um teste e que ainda não está pronto para a produção em massa de telefones celulares.

Em relação a produção do novo Xiaomi Mi 10 ter sido afetada com a epidemia do coronavírus, Lei Jun confirmou que a situação não afetou a capacidade de produção da fábrica, que, no entanto, não está funcionando devido aos casos da doença.