PUBLICIDADE
Tecnologia
Aplicativo

Conheça 7 curiosidades sobre o WhatsApp

O aplicativo, que surgiu em 2009 para ser alternativa às mensagens SMS, hoje permite o compartilhamento de imagens e documentos, além da realização de chamadas por vídeo e por voz

13:22 | 08/11/2018
Atualmente o aplicativo permite o compartilhamento de imagens e documentos, além da realização de chamadas por vídeo e por voz (Foto: WhatsApp / Reprodução)
Palco de muitas discussões durante a campanha eleitoral deste ano, o WhatsApp é o aplicativo mais popular para troca de mensagens no mundo todo, pois pode ser (e é) utilizado para diversas outras finalidades. A plataforma tem grande destaque na comunicação por possibilitar o compartilhamento e a difusão instantânea de conteúdos. Possuindo cerca de 1 bilhão de usuários ativos diariamente, o app guarda algumas curiosidades pouco conhecidas pelos usuários.
  
Criado em 2009, o aplicativo possibilita hoje o compartilhamento de textos, áudios, fotos, vídeos e documentos. Com o intuito primeiro de tentar substituir as mensagens SMS, o WhatsApp tem conseguido também escantear o serviço das operadoras telefônicas ao permitir a realização de chamadas por voz e por vídeo, que propiciam inclusive a interação de até quatro pessoas simultaneamente.
  
O POVO Online lista abaixo algumas curiosidades encontradas no WhatsApp, que vão desde a origem de seu nome até o tempo médio em que os usuários gastam diariamente na plataforma.
  
Criadores
Os fundadores do WhatsApp são os ex-funcionários do Yahoo Jan Koum e Brian Acton. Tentando novos ares a partir de 2007, a dupla chegou a ser rejeitada pelo Facebook e pelo Twitter, onde tentaram emprego. Mas em 2009, veio a redenção: criaram a plataforma de mensagens instantâneas que cinco anos depois seria comprada por 22 bilhões de dólares pelo próprio Facebook.
  
Trocadilho
O nome do aplicativo é um trocadilho em inglês com a expressão “What's up?”, que pode ser traduzida por “Como vai?” e “Qual a boa?”. Como a pronúncia de “up” e “app” é parecida, o nome acabou se encaixando à proposta dos criadores.
  
Surgimento
O WhatsApp surgiu com uma proposta ousada: substituir as mensagens SMS. Hoje, porém, o aplicativo faz bem mais que a troca de mensagens. Nele é permitido o compartilhamento de todo tipo de arquivos, como fotografias, vídeos, documentos, localizações, além de estabelecer chamadas por vídeo ou por voz.
  
A plataforma garante que todo o conteúdo compartilhado é totalmente encriptado, ou seja, não pode ser consultado pelo próprio WhatsApp nem por terceiros. A empresa justifica que isto tem por objetivo garantir a segurança aos usuários.
  
Tempo em chamadas
Após serem liberadas pelo aplicativo, as chamadas de vídeo e voz “caíram no gosto dos usuários”, como informa o WhatsApp. Tanto é que em torno de 2 bilhões de minutos são utilizados diariamente em chamadas, que podem ser realizadas por até quatro pessoas simultaneamente.
  
Tempo para apagar mensagem
Se porventura algum usuário enviar uma mensagem errada para alguém, nem tudo estará perdido. O WhatsApp informa que, em até 7 minutos após o envio, tanto em grupos como em conversas individuais, é permitido apagar a mensagem. Para isso, basta acionar as opções “Apagar” e logo depois “Apagar para todos”.
  
No entanto, O POVO Online testou a funcionalidade e obteve resultados distintos. Em alguns momentos foi possível apagar o conteúdo em até 10 minutos e, em outros, mais de 30 minutos após o envio.
  
Pessoas conectadas
O WhatsApp anuncia que, diariamente, mantém em torno de 1 bilhão de usuários ativos. Essa conexão gera aproximadamente 55 bilhões de mensagens trocadas, sendo 4,5 bilhões de compartilhamento de fotos e 1 bilhão de vídeos. Presente em mais de 180 países, o aplicativo suporta 60 idiomas.
  
Tempo de utilização
O WhatsApp é uma verdadeira “febre” entre grande parte de seus usuários. Em pesquisa recente, a empresa descobriu que uma pessoa gasta em média 195 minutos, ou seja, 3 horas e 15 minutos, utilizando o aplicativo semanalmente.


WANDERSON TRINDADE