PUBLICIDADE
Tecnologia
EDUCAÇÃO

Escola em Fortaleza oferece curso que une computação gráfica ao ensino do inglês

Com dois anos de oito meses de duração, o curso intitulado de "CG Fly" possibilita uma formação que proporciona além do conhecimento em efeitos gráficos e visuais, a fluência em inglês.

20:47 | 03/04/2018
(Foto: Divulgação/ Imugi)
Com o objetivo de incrementar a formação de alunos que se interessam por tecnologia, a escola Imugi Tecnologia e Educação oferece, há 1 ano, curso de informática e computação gráfica aliado com o ensino da língua inglesa. Com dois anos de oito meses de duração, o curso intitulado de "CG Fly" possibilita uma formação que proporciona, além do conhecimento em efeitos gráficos e visuais, a fluência em inglês. 

Gerente da primeira unidade da Imugi no Brasil, localizada no Centro de Fortaleza, Arquias César Femiani aponta que uma das vantagens do curso em detrimento de outros da área é o fato de ser uma prática "dois em um"."Em média, um curso de inglês pode chegar a até oito anos de duração. Na Imugi, são dois anos e oito meses. O aluno daqui é beneficiado pelo tempo e pelo conteúdo. É um curso enxuto e que une conhecimentos de duas áreas", aponta. 

Arquias comenta ainda que essa convergência entre o inglês a computação gráfica vem do fato de que os programas de edição de imagens e vídeos atualmente são, em sua maioria, na língua inglesa. O gerente exemplifica que, durante a semana, as turmas têm dias dedicados para cada área do conhecimento. “Dando o exemplo de uma das turmas atuais, na terça é o dia da aula de inglês e na quinta é a de computação gráfica, cada encontro com duração de cerca de uma hora.”, explica.

Érika Nicácio, 14 anos, é aluna do curso desde novembro do ano passado, quando foi indicada por um familiar para conhecer a empresa, e conta que as aulas ajudaram em sua formação escolar e pessoal. “No começo não levei muito a sério, mas depois vi que valia a pena. Sempre gostei de inglês, de cantar músicas na língua e acabei descobrindo com o curso de photoshop coisas que eu não sabia que tinha capacidade de fazer. O inglês me ajuda muito na escola também e consegui melhorar minha pronúncia”, afirma.

A formação é dividida em três módulos que contemplam conhecimentos nos softwares Adobe Photoshop, Cinema 4D, Unity e Adobe Premiere e After Affects, além dos níveis de inglês em gramática, conversação e pronúncia, chegando à fluência.

Com início a partir de uma empresa conhecida no campo das artes visuais e computação gráfica, a Gracom - Escola de Efeitos Visuais, fundada na Bahia em 2008, a Imugi, que começou em em Fortaleza em abril de 2017, vem recebendo feebacks positivos.“As avaliações têm sido muito boas. Os pais que muita vezes não têm condição financeira para bancar cursos separados de informática e de inglês têm a possibilidade de dar para seus filhos, a geração de jovens que gosta muito de tecnologia e de criar coisas novas, uma formação dupla”, avalia Arquias César. 

A Imugi também conta com uma Central de Novos Talentos, que oferece palestras sobre comportamento profissional, currículo e encaminhamentos que ajudam a inserir o jovem no mercado de trabalho. Com sede também em Maceió, Alagoas, a escola vai lançar um segundo curso chamado CodeBlock, que vai focar em robótica e programação de games, voltado para crianças e adolescentes de cinco a 17 anos. 
 
Serviço:
 
Imugi Tecnologia e Educação
Endereço: Rua Major Facundo, 713, Centro
Preço do curso CG Fly: R$ 259 mensais
Telefone: (85) 3017. 3556 





MATHEUS FACUNDO