PUBLICIDADE
Notícias

"Brasil é a nossa segunda casa", afirma presidente da Motorola

Confirmando o sucesso de vendas no mercado nacional, Rick Osterloh falou sobre a ampliação de contratações da empresa no país

14:47 | 06/11/2014
NULL
NULL

Durante evento realizado na última quarta-feira, 5, em São Paulo, o presidente da Motorola, Rick Osterloh, disse que o Brasil já é considerado pela sua empresa como uma segunda casa.

A linha de smartphones da marca apresenta um ótimo resultado de vendas no país e o executivo estava no evento para apresentar o novo smartphone Moto Maxx, versão global do Droid Turbo. O Brasil, inclusive, foi o segundo a receber o aparelho no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

“O Brasil é o nosso outro país natal e parte essencial do nosso futuro. Para nós, o Brasil e os EUA são igualmente importantes”, afirmou Osterloh, pouco antes de apresentar o novo modelo.

As vendas cada vez maiores no Brasil refletiram também no interesse da Motorola em realizar contratação de novos 40 funcionários. Ao todo, a empresa contabiliza mais de 200 empregos diretos no país.   

Sucesso de vendas

Desde setembro de 2013, período de lançamento da primeira geração do Moto G no Brasil, a participação nacional da Motorola dobrou, se tornando uma ameaça para concorrentes como a Samsung.

Recém comprada pela Lenovo, a fabricante também faz altos investimentos nas novas gerações do Moto G e do Moto X, que já venderam duas vezes mais que os modelos originais em seus primeiros 45 dias nas lojas brasileiras.

Redação O POVO Online

TAGS