Participamos do

Após mais de dois meses, Brasil volta a ter mais de 400 mortes por covid em 24 horas

00:03 | Jan. 27, 2022
Autor DW
Tipo Notícia

Nas últimas 24 horas, Brasil teve mais de 183 mil novos casos e 487 mortes causadas por covid-19Número tão alto de óbitos não era registrado desde 13 de novembro. Com mais de 183 mil novas infecções, média móvel de casos atinge recorde pelo oitavo dia consecutivo.Nesta terça-feira (25/01), o Brasil voltou a registrar mais de 400 mortes por coronavírus em 24 horas. É a primeira vez que isso ocorre desde o dia 13 de novembro. Ou seja, há mais de dois meses - ou exatos 74 dias -, o número de óbitos devido à doença não era tão grande no país. Conforme dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Brasil teve 487 mortes e 183.722 novos casos de covid-19 confirmados nesta terça. Em 13 de novembro, ocorreram 731 óbitos. Esses números também indicam que a média móvel de casos dos últimos sete dias chegou a 157.060 e atingiu a maior marca desde o começo da pandemia, em março de 2020. Foi o oitavo dia consecutivo de recorde. A média móvel de mortes está em 332 por dia - ainda distante do recorde nesse índice, o que ocorreu em abril de 2021, quando os óbitos alcançaram a média de mais de 3 mil por dia. Com as estatísticas divulgadas nesta terça pelo Conass, o Brasil atingiu 24.311.317 infecções e 623.843 mortes desde o início da pandemia de coronavírus. Em relação à vacinação, o país tem mais de 148 milhões de pessoas - em torno de 70% da população - imunizadas, ou seja, que receberam ao menos duas doses. gb (Reuters, ots)

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente