Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Câncer já é a principal causa de morte de crianças e adolescentes

16:43 | Set. 14, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Embora o câncer em crianças seja uma doença rara, ele é responsável pela maioria das mortes entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos de idade, da ordem de 8% do total, de acordo com o  Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca). 

“É a primeira causa de morte por doença no Brasil e nos países desenvolvidos. Ele (câncer) só perde para causas externas, como traumas, e outros agentes externos”, disse hoje (14) à Agência Brasil a oncologista e membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (Sobope) Flávia Martins. 

Os três tipos de câncer mais comuns entre crianças e jovens, por ordem de frequência, são leucemias, tumores no Sistema Nervoso Central (SNC) e linfomas.

A doutora Flávia Martins recomenda que, para fazer o diagnóstico precoce, é preciso prestar atenção na criança e no que dizem os pais, pois há tempos variados de diagnóstico. Os primeiros consistem no reconhecimento dos sintomas pelos pais e no atendimento médico não especializado da criança em um hospital, pronto-socorro ou Unidade Básica de Saúde (UBS). Em seguida, vem o atendimento complexo, com o diagnóstico final.

O mês de setembro é reservado à conscientização e combate ao câncer infantojuvenil. 

Reconhecimento

A oncologista alerta que o reconhecimento dos sintomas pelos pais é muito importante. “Prestar atenção em febres contínuas. Lembrar que a criança tem, sim, febres, tem viroses, infecções, mas elas duram, no máximo, entre três e cinco dias, e não costumam deixar a criança prostrada, não costumam causar dor”. Outro sinal importante, segundo a médica, é a palidez. 

“Quando a criança está um pouquinho descorada e menos ativa, os pais devem levar em consideração e levar para uma avaliação médica. Qualquer sintoma neurológico, como estrabismo, quando a criança fica vesguinha, ou a criança reclamar de alteração visual súbita, dor de cabeça”.

Flávia Martins ressaltou que a "dor é coisa de adulto, isso não é coisa de criança. Criança, para ter dor, tem que ter alguma justificativa e essa dor tem que passar por uma investigação”. 

A oncologista reconheceu que os sintomas de alerta são mais fáceis de serem detectados pelos médicos. Já os sintomas mais comuns a outras doenças, como febre e dor de barriga, acabam passando despercebidos.

Qualidade de vida

Estatísticas do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) para o triênio 2020/2022 estimam 8.460 novos casos por ano de cânceres infantojuvenis, sendo 4.310 para o sexo masculino e 4.150 para o sexo feminino.

Segundo o Inca, o progresso no tratamento do câncer na infância e na adolescência nas últimas quatro décadas foi extremamente significativo. “Hoje, em torno de 80% das crianças e adolescentes acometidos da doença podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados. A maioria deles terá boa qualidade de vida após o tratamento adequado”, informa o Inca.

A oncologista Flávia Martins lembrou que é importante não só a criança ser curada, mas manter qualidade de vida, com capacidade funcional. “Porque não basta curar. A gente tem que promover que essa criança chegue a ser um adulto, e até um idoso saudável. Então, quanto mais precocemente a gente encontrar aquele tumor do sistema nervoso central, aquela leucemia, a gente vai, muitas vezes, poder planejar o tratamento de forma que a criança seja menos espoliada, sofra menos agressões”.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Pelé recebe alta da UTI e seguirá recuperação de cirurgia no quarto

REI DO FUTEBOL
16:44 | Set. 14, 2021
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Rei Pelé recebeu alta da UTI nesta terça-feira. O Hospital Albert Einstein, no qual o ex-jogador está internado, emitiu boletim informando que o ídolo do Santos possui boa condição clínica e dará sequência a seu processo de recuperação no quarto.

"O paciente Edson Arantes do Nascimento apresenta boa condição clínica e recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Permanecerá, a partir de agora, em recuperação no quarto", afirma o comunicado do hospital.

Pelé foi internado para realizar a retirada de um tumor no cólon direito, no intestino. O procedimento ocorreu no dia 4 de setembro e ele vinha se recuperando na UTI desde então.

O tricampeão mundial pelo Brasil celebrou a alta nas redes sociais e agradeceu as mensagens de apoio que recebeu. "Meus amigos, esse é um recado para cada um de vocês. Não pensem, por um minuto sequer, que eu não li as milhares de mensagens de carinho que recebi por aqui", escreveu.

"Muito obrigado a cada um de vocês por dedicarem um minuto do seu dia para me enviar boas energias. Amor, amor e amor! Eu já saí da UTI e estou no meu quarto. Continuo cada dia mais alegre, com muita disposição para jogar 90 minutos, mais a prorrogação. Estaremos juntos em breve!", completou Pelé.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fiocruz volta a entregar doses da vacina contra covid-19

Saúde
15:43 | Set. 14, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

 

 

*Estagiário sob a supervisão de Mario Toledo

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

15 municípios cearenses vão participar de pesquisa do Ministério da Saúde sobre Covid

saúde
14:16 | Set. 14, 2021
Autor Júlia Duarte
Foto do autor
Júlia Duarte Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará é um dos estados escolhidos para participar da Pesquisa de Prevalência de Infecção por Covid-19 (Precov) no Brasil. O estudo é conduzido pelo Ministério da Saúde (MS) para estimar quantas pessoas foram infectadas pelo vírus. No Ceará, de acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) e do projeto Vigiar SUS vão efetivar a pesquisa em 15 municípios cearenses.

A análise pretende chegar a cálculos mais precisos da morbidade e da letalidade pela Covid-19. O estudo vai ser uma das maiores análises sorológicos de Covid-19 registradas no mundo até o momento.

LEIA MAIS | Covid-19: Fortaleza chega a média móvel de menos de um óbito por dia

A pesquisa vai considerar não só o aspecto da infecção por coronavírus, como também as características socioeconômicas e demográficas dos participantes. A estimativa é que 10.985 pessoas serão entrevistadas no Ceará, após seleção pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), produzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Todos que aceitarem participar da pesquisa terão uma amostra de sangue coletada para identificar a presença de anticorpos contra a doença. O estudo vai poder dizer também se a pessoa já foi contaminada e/ou desenvolveu imunidade após a vacinação, por meio da análise das proteínas IgG, produzidas pelo organismo com o objetivo de defender o organismo contra agentes infecciosos.

De acordo com a Sesa, todas as informações dos participantes serão mantidas em sigilo, e a secretaria ressalta a importancia de traçar estratégias baseadas em evidências. "Com as informações adquiridas, tomar decisões baseadas em evidências, embasando as respostas em saúde pública”, ressaltou a interlocutora do Vigiar SUS, Viviane Duarte, por meio de nota.

O material será analisado nas unidades de Apoio ao Diagnóstico de Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Ceará e no Rio de Janeiro.
Municípios cearenses que farão parte da pesquisa

Aquiraz
Cascavel
Caucaia
Chorozinho
Eusébio
Fortaleza
Guaiúba
Horizonte
Itaitinga
Maracanaú
Maranguape
Pacajus
Pacatuba
Pindoretama
São Gonçalo do Amarante

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Três profissionais são identificados em processo de vacinação Safadão e Thyane Dantas

saúde
11:52 | Set. 14, 2021
Autor Júlia Duarte
Foto do autor
Júlia Duarte Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza (SMS) divulgou o resultado do processo administrativo de apuração da vacinação irregular do cantor Wesley Safadão e da esposa dele, a influenciadora Thyane Dantas. A pasta afirma ter finalizado a investigação e identificado três profissionais da saúde envolvidos na ação.

De acordo com o Diário Oficial do Município (DOM) Nº 17.137, do dia 6 de setembro de 2021, uma servidora pública e dois terceirizados foram penalizados pela vacinação que aconteceu no dia 8 de julho de 2021, em Fortaleza. A servidora terá um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) instaurado, enquanto os funcionários terceirizados foram devolvidos para a empresa contratante, após a rescisão do contrato com a Prefeitura.

LEIA MAIS: MP investigará vacinação de Thyane, casada com Safadão, para saber se furou fila

+ Safadão também será investigado pelo MP se mudou local da vacina para escolher Janssen

Por nota, a SMS informou que foi constatada a ocorrência de irregularidade funcional por parte de três colaboradores. A secretária afirmou ainda que os fatos apurados foram encaminhados aos órgãos ministeriais e policiais para a apuração de possíveis práticas em desacordo com o Código Penal Brasileiro.

O casal e a produtora do cantor, Sabrina Tavares, são investigados também pela Polícia Civil do Ceará após a abertura de um inquérito na Delegacia de Combate à Corrupção (Decor). Thyane e Safadão são alvo de apurações do Ministério Público do Ceará (MPCE). 

Nas redes sociais, internautas também apontam que, além da questão da faixa etária, o nome de Thyane Dantas não constava na lista de agendados para receber a vacina da quinta-feira em que ela recebeu o imunizante. A digital influencer não constava em nenhuma das listas de vacinação contra a Covid-19, publicadas no portal Coronavírus, da Prefeitura de Fortaleza. No caso do artista, as apurações são para saber se ele mudou local de vacina motivado pela escolha o tipo de vacina, que foi a Janssen.

O caso aconteceu em 8 de julho de 2021, enquanto a Capital cearense estava imunizando pessoas nascidas em 1989. Thyane nasceu em 1991 e conseguiu ser imunizada com a Janssen, de dose única, no dia em que o marido foi chamado para vacinação.

Dentre os apontamentos dos internautas na época, estão a de que o cantor foi convocado para receber o imunizante no Centro de Eventos. No entanto, a aplicação ocorreu em um dos shoppings escalados para vacinação na Capital, um dos pontos que estavam estavam aplicando a vacina da Janssen, que tem apenas uma dose.

Na época, a assessoria de Wesley Safadão declarou que a influenciar recebeu o imunizante pela estratégia de imunização conhecida como "xepa". "Thyane foi acompanhar o Wesley na vacinação e existe uma coisa que todos têm acesso, não foi benefício dela, que é a dose de sangria", afirma o texto. O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), rebateu a informação e afirmou que não houve a aplicação de doses remanescentes da vacina contra a Covid-19 antes das 17 horas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid-19: Rio aplica dose de reforço em idosos de 94 anos

Saúde
08:27 | Set. 14, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Dentro da campanha de imunização contra a covid-19, a prefeitura do Rio de Janeiro aplica hoje (14) a dose de reforço nos idosos de 94 anos ou mais. Esta etapa começou ontem (13), com a vacinação extra das pessoas com 95 anos ou mais, e segue o calendário com idade decrescente. Dessa forma, no sábado será a vez dos idosos de 90 anos ou mais.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a dose de reforço será aplicada em quem tomou as duas primeiras na capital e requer intervalo de pelo menos três meses da segunda dose. Serão utilizadas para o reforço as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca/Fiocruz, dependendo da disponibilidade.

A repescagem de primeira dose esta semana continua para pessoas com deficiência com 12 anos ou mais, gestantes, puérperas e lactantes, além do público a partir de 22 anos. Amanhã, será retomada a imunização dos adolescentes, com meninas de 14 anos. Os meninos dessa idade devem comparecer aos postos na sexta-feira.

Datas

A confirmação das datas para aplicação nos adolescentes de 13 e 12 anos será divulgada quando a prefeitura receber novas doses da Pfizer, única vacina liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para esse público.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que recebeu na tarde de ontem (13) 464.490 doses da Pfizer, a serem destinadas para primeira e segunda aplicação. A distribuição para os municípios do estado do Rio começou a ser feita ainda ontem e será concluída até amanhã.

A vacinação na cidade do Rio de Janeiro já contemplou 79,7% da população com a primeira dose e 45,4% com o esquema completo. Considerada a população-alvo, a partir de 12 anos, já foram atingidos 93% com a D1 e 52,8% com as duas aplicações ou a dose única da Jansen.

No estado, os dados oficiais indicam 10.988.356 pessoas com a D1, o que corresponde a 62,92% da população. Ao todo, 5.388.516 receberam a D2 e 337.159 a dose única, o que significa que 32,79% da população do estado do Rio completaram o esquema vacinal contra a covid-19.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags