Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Pandemia causa queda de 27 milhões de procedimentos de saúde em 2020

07:32 | Set. 13, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Segundo o estudo, quando comparados os dados entre março e dezembro de 2020 (do início da pandemia até o fim do mesmo ano) com o mesmo período de 2019, a diferença foi de 26,9 milhões de procedimentos, sendo 16,6 milhões de exames de diagnóstico, 8,8 milhões de procedimentos clínicos, 1,2 milhões de pequenas cirurgias e 210 mil transplantes.

Os procedimentos considerados eletivos, que não são de urgência e emergência, tiveram impacto pelo direcionamento de boa parte da estrutura da rede de saúde para atender os pacientes com covid-19.

Entre março e abril de 2020, com o avanço da primeira onda da pandemia, houve uma queda quase à metade do número de procedimentos, de 8,1 milhões para 4,8 milhões. Em abril, foram registrados 5 milhões de procedimentos e em maio, 5,6 milhões. Após recuperação, o ano terminou  com 8 milhões.

Conforme o levantamento do CFM, as áreas mais afetadas entre março e dezembro de 2020, em comparação com o mesmo período no ano anterior, foram as consultas e exames em citopatologia (-51%), neurologia (-40%), anatomopatologia (-39%), cardiologia (-38%), oftalmologia (-34%) e medicina clínica (-33%).

No período analisado, deixaram de ser realizados 2,8 milhões de cirurgias. Entre março e dezembro de 2020 foram realizados 4,6 milhões de procedimentos desse tipo, contra 7,5 milhões no mesmo período em 2019.

Quando considerados os números absolutos, os procedimentos que tiveram mais impacto foram os da área de oftalmologia (-6,2 milhões), seguidos por radiologia e diagnóstico de imagem (-5,3 milhões), médico-clínico (-2,8 milhões) e radioterapia (-2,5 milhões).

Sofreram grandes quedas exames como os de gasometria (medição de quantidade de O2 e CO2 no sangue), câncer e Papanicolau. Outros procedimentos afetados foram o atendimento em centro de atenção psicossocial, cauterização de lesões na pele e atendimento para indicação ou inserção do dispositivo intrauterino (DIU).

Por regiões, as mais afetadas foram a Nordeste (-31%), Sul (-29%), Sudeste (-27%) e Norte (-21%). Entre estados, as reduções mais intensas se deram em Alagoas (-47%), no Piauí (-45%), Amazonas (-38%), Espírito Santo (-36%), emMato Grosso do Sul e Sergipe (-35%).

2021

No 1º semestre de 2021, o número de procedimentos eletivos foi de 50 milhões, 20% a mais do que no 1º semestre de 2020, quando foram registrados 41,6 milhões de consultas, exames e cirurgias. Quando comparado com o 1º semestre de 2019, o número representa uma queda de -14%.

O Conselho Federal de Medicina avalia que é possível adotar uma série de medidas para tentar compensar a queda, como campanhas junto aos pacientes, sobretudo para os que têm doenças crônicas.

Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde afirmou, em nota, que a organização dos procedimentos de saúde e dos critérios para definir prioridades cabe aos estados e municípios. Segundo a nota, o órgão disponibilizou R$ 350 milhões em recursos adicionais para esse tipo de procedimento.

De acordo com a pasta, no primeiro semestre foram realizados 3,7 milhões de cirurgias eletivas, com aumento em relação ao mesmo período de 2020, com 3,4 milhões desses procedimentos, mas ainda queda se comparado ao primeiro semestre de 2019, quando equipes de saúde fizeram 4,9 milhões de cirurgias.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Nova Zelândia prorroga confinamento de Auckland por casos da variante delta de covid

HTH
07:27 | Set. 13, 2021
Autor AFP
Tipo Notícia

Auckland, a maior cidade da Nova Zelândia, permanecerá em estrito confinamento por pelo menos uma semana adicional por causa da circulação da variante delta da Covid-19, anunciou nesta segunda-feira (13) a primeira-ministra Jacinda Ardern.

 

Ardern afirmou que os dois milhões de habitantes da cidade precisam respeitar a ordem de permanecer em casa após a detecção de vários "casos misteriosos" que não foram vinculados a nenhum dos focos existentes.

 

"Estes casos misteriosos ainda continuam aparecendo e o fato de que os encontramos por meio de controles e testes na comunidade, e não por rastreamento de casos de contato, é o que nos preocupa", completou.

 

A Nova Zelândia impôs um confinamento nacional em 17 de agosto, quando descobriu o primeiro caso da contagiosa variante delta da Covid-19.

 

Mas a medida foi suspensa fora de Auckland na semana passada porque aparentemente todos os novos casos foram detectados nesta cidade.

 

Ardern rejeitou flexibilizar o confinamento total de Auckland antes de 21 de setembro, mas disse que a cidade poderia passar a um nível de alerta menor dentro do sistema de quatro que o país tem como resposta ao vírus.

 

Com 33 casos locais registrados na cidade nesta segunda-feira, Ardern afirmou que ainda é muito cedo para flexibilizar as restrições.

 

A Nova Zelândia executa uma estratégia de tolerância zero com a Covid-19, que permitiu controlar efetivamente a pandemia, com um resultado de apenas 27 mortes em uma população de cinco milhões de pessoas.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid-19: metade dos municípios começou a vacinar adolescentes no Ceará

Coronavírus
20:29 | Set. 12, 2021
Autor Ana Rute Ramires
Foto do autor
Ana Rute Ramires Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No Ceará, 92 municípios já iniciaram aplicação da primeira dose da vacina em adolescentes de 12 a 17 anos. Número corresponde à metade dos 184 municípios cearenses. Conforme o Vacinômetro, acompanhamento da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), 149.994 jovens nessa faixa etária já receberam o imunizante.

Fortaleza é o município que mais aplicou doses, com 112.814 vacinados. Os municípios de Sobral (4.663) e Canindé (2.219) seguem a Capital nessa lista. Dados da campanha de imunização no Estado foram consolidados às 17 horas da última quinta-feira, 8.

O cronograma da aplicação da primeira dose da vacina nesse público ocorre conforme a organização de cada município. A Capital já está vacinando adolescentes de 12 anos.

Quase oito meses após o início da vacinação, Estado já aplicou mais de 8 milhões de doses em toda a população cearense. Destas, 5.668.349 foram primeira dose (D1), 2.633.949 segunda dose (D2) e 156.225 dose única (DU).

Com isso, 30,37% da população completou a imunização, ou seja, recebeu duas doses de AstraZeneca, CoronaVac, Pfizer ou dose única da Janssen.

No levantamento dos imunizantes que chegaram ao Ceará, por meio do Plano Nacional de Imunização (PNI), coordenado pelo Ministério da Saúde, mais de dez milhões de vacinas foram entregues ao Estado e distribuídas aos 184 municípios.

LEIA TAMBÉM |  Covid-19: adolescente sem RG pode apresentar certidão de nascimento e documento com foto

No Ceará, a população precisa estar devidamente cadastrada na plataforma Saúde Digital, da Sesa, para garantir a imunização contra a Covid-19.

Como fazer o cadastro no Saúde Digital?

1) Para se cadastrar, é preciso acessar o site Saúde Digital (vacinacaocovid.saude.ce.gov.br) e clicar em "Ainda não tenho cadastro";

Cadastro de vacinação no Ceará contra Covid-19.
Cadastro de vacinação no Ceará contra Covid-19. (Foto: Reprodução/Site Saúde Digital)

2) Serão solicitadas informações básicas, como país de origem, CPF, nome completo, data de nascimento, nome da mãe, telefone para contato, sexo, raça/cor e informações profissionais. O fornecimento do Cartão Nacional de Saúde (CNS) é opcional;

Para se cadastrar, é necessário preencher os campos com dados pessoais.
Para se cadastrar, é necessário preencher os campos com dados pessoais. (Foto: Reprodução/ Saúde Digital)

3) A próxima fase pede dados de saúde para identificar se a pessoa faz parte de grupos prioritários. Também é questionado se você teve Covid-19 recentemente;

Na segunda etapa, são perguntadas informações sobre a classificação da pessoa em grupos prioritários.
Na segunda etapa, são perguntadas informações sobre a classificação da pessoa em grupos prioritários. (Foto: Reprodução/ Saúde Digital)

4) A última etapa do processo pede o endereço de residência da pessoa, que servirá de base para o agendamento no município de aplicação da vacina;

Na tela seguinte, é necessário fornecer dados sobre o endereço de residência.
Na tela seguinte, é necessário fornecer dados sobre o endereço de residência. (Foto: Reprodução/ Saúde Digital)

5) Após o preenchimento de todos os dados, será aberta uma página para a confirmação de todos os dados. Nela, a pessoa deve criar uma senha de acesso e informar um e-mail;

6) A Secretaria da Saúde enviará um link de confirmação do cadastro para o e-mail fornecido.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará apresenta cenário de maior controle desde o início da pandemia, diz Sesa

Coronavírus
17:45 | Set. 12, 2021
Autor Ana Rute Ramires
Foto do autor
Ana Rute Ramires Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No 19º mês da pandemia, Ceará apresenta cenário epidemiológico e assistencial de maior controle da pandemia. A análise é da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). Conforme o titular da pasta, Marcos Gadelha, os indicadores da Covid-19 no Ceará se mostram favoráveis para a "evolução de um processo de retomada gradual, progressiva e responsável no Estado".

A pasta frisa a manutenção das medidas relativas ao convívio social dos cearenses e às atividades econômicas. "O momento exige atenção e engajamento da sociedade para evitar nova alta de casos", frisa a secretaria por meio de nota. 

Em setembro de 2021 os casos diários confirmados de Covid-19 não superam 100. Número consideravelmente menor do que durante o pior período da Covid-19 no Estado. No dia 5 de abril deste ano, o número de confirmações foi de 6.418.

Quanto aos óbitos, no mês atual, o maior registro diário foi de seis mortes, de acordo com a Sesa. Em abril, pior período da segunda onda da pandemia, houve dias com mais de 150 óbitos provocados pela doença, compara a secretaria.

"No entanto, ainda existe situação de alerta com a transmissão da variante Delta. Isso alerta para a necessidade da secretaria solicitar o engajamento população cearense no processo de vacinação, que é a principal estratégia no combate da pandemia", afirmou o secretário, em vídeo publicado pela Sesa na tarde desde domingo, 12. 

Vacinação é prioridade 

Para que a situação do Ceará com relação à pandemia seja mantida minimamente controlada é essencial a ampliação da cobertura vacinal e a adesão da população. A vacinação em massa é considerada a única medida eficaz para diminuir a circulação viral e o surgimento de novas variantes.

"Queria pedir que o cidadão convoque familiares e vizinhos para se engajar no processo de convencimento da necessidade de se vacinar. Quem não tomou a primeira dose, tome. Quem tomou a primeira e ainda não tomou a segunda, que tome", reiterou o secretário. 

Conforme o Vacinômetro, 5,66 milhões de pessoas receberam a primeira dose, o equivalente a 61,8% da população cearense. Já foram aplicadas 2,79 milhões de segundas doses ou doses únicas. Com isso, 30,4% da população está totalmente imunizada. Ao todo, 8,45 milhões de doses contra a Covid-19 já foram aplicadas.

"Alívio" nas internações 

Um dos indicadores mais relevantes para avaliação da situação da pandemia no Estado é a ocupação de leitos Covid. Atualmente, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) é de 34%. São 247 leitos disponíveis para pacientes com a infecção. 

A Sesa lembra que em abril deste ano, todo o Estado, contando com hospitais de administração pública, privada ou filantrópica, chegou a ter mais de 1.700 leitos de UTI Covid-19 ativos, com ocupação acima dos 95%. 

Durante o pico da segunda onda, em abril e maio de 2021, o Ceará registrou oferta de 5.200 acomodações, entre leitos de UTIs e de enfermaria para Covid-19.

Com a redução da demanda de infecção pelo coronavírus, as estruturas da Sesa na Capital e no Interior permanecem recebendo pacientes de outras especialidades médicas. Inclusive de cirurgias eletivas, que voltaram a ser realizadas em julho, após quatro meses de suspensão pelo agravamento da pandemia à época. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Rio vacina idosos com terceira dose contra covid-19 a partir de amanhã

Saúde
16:53 | Set. 12, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Idosos de 95 anos ou mais começarão a ser imunizados com a terceira dose de vacina contra a covid-19 a partir de amanhã (13). O calendário foi divulgado neste domingo (12) pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Calendário

Na segunda-feira (13), é a vez das pessoas com 95 anos ou mais. Na terça-feira, serão vacinados quem tem 94 anos ou mais, seguindo consecutivamente até sábado (18), com a imunização de pessoas com 90 anos ou mais.

A dose de reforço será aplicada aos idosos que receberam a segunda dose há pelo menos três meses. Gestantes, puérperas, lactantes e pessoas com deficiência com 12 anos ou mais, e jovens com 23 anos ou mais também podem se vacinar, preferencialmente no período da tarde.

Adolescentes

As unidades continuam aplicando a segunda dose conforme a data estipulada no comprovante da primeira. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para a retomada da vacinação dos adolescentes é aguardada a entrega de mais doses pelo Ministério da Saúde, o que está previsto para ocorrer até terça-feira (14), sendo possível retomar este calendário na quarta-feira (15).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Polícia interrompe show de Taty Girl em Pernambuco por descumprimento do decreto sanitário

Coronavírus
16:24 | Set. 12, 2021
Autor Rede Nordeste
Foto do autor
Rede Nordeste Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Polícia Militar de Pernambuco interrompeu na noite dessa sexta-feira, 10, show de forró que acontecia em um restaurante na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, Agreste do Estado. O show da cantora Taty Girl acontecia em um palco armado no estacionamento do restaurante. Nas imagens que circulam nas redes sociais, é possível ver dezenas de pessoas em pé, sem distanciamento social. A grande maioria do público não usava máscara.

Em um dos vídeos que circulam nas redes sociais, é possível ver quando um policial sobe ao palco e, de maneira cordial, aborda a cantora e comunica o encerramento do show devido ao decreto estadual que limita as atividades por conta da necessidade de controle da pandemia do coronavírus. "Pelo decreto, existe uma determinação que, nos shows-teste, o som só é permitido até as 23h. Vai até a meia-noite, mas o som vai ser encerrado agora", afirmou o PM, após pegar o microfone da cantora e se dirigir ao público.

Em nota, a PMPE informa que o show não foi encerrado. "O referido evento estava autorizado a acontecer como evento-teste, pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, onde o som poderia funcionar até às 23h. Após esse horário, a Polícia Militar se fez presente no local para cumprir a determinação. O restaurante continuou funcionando até a meia-noite, como autoriza o decreto estadual", diz a nota.

Nas redes sociais, a cantora Taty Girl lamentou o encerramento antecipado do evento. “Obrigada pelo carinho, Santa Cruz do Capibaribe, foi lindo, pena que acabou cedo. Mas é isso, respeitamos os horários. Obrigada mais uma vez. Eu volto viu?", postou para os fãs.

Outro caso

No início de agosto, a cantora Taty Girl realizou um evento no Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza. Cenas compartilhadas pelas redes sociais mostram pessoas sem máscaras, medida obrigatória no Ceará e parte dos protocolos para realização de eventos. 

Na ocasião, ela disse que a quantidade de pessoas (125) era permitida e que o show era voltado para influenciadores e patrocinadores. Evento teve a participação de cantores como Wesley Safadão, Audílio Mendes e Eric Land.

Procurada pelo O POVO, a Vigilância Sanitária do Município do Eusébio (Visa) informou não ter tido conhecimento do show. A Prefeitura do Eusébio, entretanto, emitiu nota afirmando que havia autorização do Município. 

Com Jornal do Commércio para a Rede Nordeste


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags