PUBLICIDADE
Saúde
NOTÍCIA

Estado do Rio lança calendário único de vacinação da covid-19

13:43 | 30/03/2021
Vacinação drive thru na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), zona norte do Rio. A cidade do Rio de Janeiro retoma hoje (25) sua campanha de aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 em idosos da população em geral. Hoje serão vacinados os idosos com 82 anos. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Vacinação drive thru na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), zona norte do Rio. A cidade do Rio de Janeiro retoma hoje (25) sua campanha de aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 em idosos da população em geral. Hoje serão vacinados os idosos com 82 anos. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O governo do Rio de Janeiro lançou hoje (30) o calendário único de vacinação da covid-19 para o estado. O governador em exercício, Cláudio Castro, disse que a unificação do calendário foi um pedido dos prefeitos.

“A gente estava percebendo uma grande migração de pessoas de um município para outro [para se vacinar]. Os prefeitos solicitaram que o governo estadual fizesse um decreto criando esse calendário único. A intenção dele não é criar obrigação, é criar um balizador para que isso possa ser dialogado com os municípios”, afirmou Castro.

Três categorias serão priorizadas na imunização: profissionais de saúde abaixo de 60 anos, das áreas de segurança pública e da educação.

De acordo com o governador, o primeiro grupo abrange 324 mil profissionais de saúde que ainda não foram vacinados. Na área de segurança, serão imunizados, a partir de 12 de abril, agentes das polícias Militar, Civil, Federal, Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, agentes penitenciários, Guarda Municipal, Defesa Civil, além de oficiais de Justiça.

“Além de as forças de segurança não terem parado em momento algum, há preocupação enorme de serem vetores de transmissão”, acrescentou Castro.

Na terceira categoria estão os profissionais da área de educação. “Precisamos de uma escola absolutamente segura. Precisamos tanto que os profissionais tenham tranquilidade para ir trabalhar quanto os pais de levar seus filhos para a escola sabendo que os trabalhadores da área de educação já estarão imunizados”.

O governo estadual ainda vai divulgar as datas do calendário único de vacinação.