PUBLICIDADE
Saúde
Noticia

Camilo assina ordem de serviço para Hospital Universitário do Ceará; serão 650 leitos e três torres

O equipamento ocupará área de 79,5 mil metros quadrados e terá mais de 650 leitos de internação

09:29 | 27/01/2021
UECE - campus do Itaperi (Foto: Aurelio Alves)
UECE - campus do Itaperi (Foto: Aurelio Alves)

O governador Camilo Santana (PT) assinou na manhã desta quarta-feira, 27, a ordem de serviço para construção do Hospital Universitário do Ceará, no campus do Itaperi, da Universidade Estadual do Ceará (Uece). O terreno pertence à universidade e tem acesso pela rua Betel, próximo à rua Holanda.

O equipamento ocupará área de 79,5 mil metros quadrados e terá 654 leitos (470 de internação geral e 184 de terapia intensiva). O projeto prevê um edifício de três torres — clínica, cirúrgica e materno-infantil. Serão sete pavimentos abrangendo mais de 30 especialidades. O equipamento contará ainda com um heliponto e tem entrega prevista para 2022.

Veja a maquete do Hospital Universitário do Ceará:

Maquete do Hospital Universitário do Ceará. O terreno é próximo à avenida Benjamin Brasil e será integrado à Universidade Estadual do Ceará (Uece).
Maquete do Hospital Universitário do Ceará. O terreno é próximo à avenida Benjamin Brasil e será integrado à Universidade Estadual do Ceará (Uece). (Foto: Divulgação/Sesa)

 

LEIA MAIS | Obra do novo Hospital Universitário do Ceará vai custar R$ 274,7 milhões

Durante a live de apresentação do projeto nesta manhã, Camilo Santana explicou que o hospital faz parte do programa de modernização da saúde pública do Ceará e que estava previsto desde 2019. “Será o maior hospital público do Estado. Todas as especialidades médicas estarão nesse hospital”, acrescentou o governador.

Sobre o vínculo com a universidade, o gestor disse que “além de prestar serviços à população, [o hospital] também vai ser um importante lugar de ensino". "Para nós, é um momento histórico para a saúde pública do Ceará”, completou.

O secretário da Saúde do Estado do Ceará, Dr. Cabeto, comentou sobre a importância de juntar ensino e prática. "Essa prova simboliza a valorização da ciência e do conhecimento como mecanismo de transformação social". Já o reitor da Uece, Hidelbrando Soares, complementou: “Nós estamos juntando e integrando universidade e hospital. Essa aproximação: hospital, ciência e ensino e extensão tem tudo para tornar essa área um polo de inovação no Estado do Ceará”.

Maquete do Hospital Universitário do Ceará, a ser construído no Campus do Itaperi, na Uece
Maquete do Hospital Universitário do Ceará, a ser construído no Campus do Itaperi, na Uece (Foto: GOVERNO DO CEARÁ/DIVULGAÇÃO)

O recém eleito prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), também estava na ocasião. Ele citou centros de saúde como o Hospital Geral De Fortaleza (HGF) e Instituto Doutor José Frota (IJF), e ressaltou a importância da construção: “Essa região da cidade carecia. A saúde é a maior demanda da sociedade brasileira".

O Hospital Universitário do Ceará será um complexo hospitalar que funcionará como nova sede para o Hospital César Cals. Seu entorno também receberá adaptações urbanísticas que serão executadas durante as obras do hospital, como o alargamento das vias de acesso, paisagismo e iluminação.