PUBLICIDADE
Saúde
NOTÍCIA

Apenas 41,1% dos domicílios no Ceará tinham banheiro e esgotamento sanitário em 2019

A pesquisa corresponde ao ano de 2019.

13:31 | 04/09/2020
PESQUISA aponta que 26% dos municípios cearenses despejam esgoto sem tratamento adequado em rios (Foto: Fabio Lima/O POVO)
PESQUISA aponta que 26% dos municípios cearenses despejam esgoto sem tratamento adequado em rios (Foto: Fabio Lima/O POVO)

De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), em 2019, 92,4% dos domicílios cearenses possuem água canalizada em pelo menos um cômodo. Entretanto, em relação à existência de um banheiro de uso exclusivo ou de esgotamento sanitário ligado a uma rede geral, são cerca de 41% dos domicílios cearenses que têm esse acesso.

Enquanto na Região Sudeste essa proporção foi 88,7%, a Região Norte teve 20,8% dos domicílios com um banheiro com o esgotamento sanitário. A Região Sul registrou 68,0% dos domicílios nessa condição, seguida das Regiões Centro-Oeste (55,0%) e Nordeste (42,9%).

A pesquisa corresponde ao ano de 2019 e traz informações sobre acesso e utilização dos serviços de saúde, cobertura da Estratégia de Saúde da Família, visitas de agentes de endemias e cobertura de planos de saúde, bem como sobre os domicílios, presença de animais e vacinação.

+Saneamento básico, novo marco legal coloca em debate o público e o privado

Os números se tornam ainda mais importantes diante de uma pandemia: como lavar as mãos com frequência é uma das principais recomendações para evitar a infecção pelo novo coronavírus, ter acesso à água potável é fundamental para reduzir os riscos de disseminação da doença.