PUBLICIDADE
Notícias

Período chuvoso aumenta surgimento de escorpiões no Ceará

O Estado registrou 5.090 picadas desse animal peçonhento no ano passado

08:49 | 22/01/2019

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) divulgou nessa segunda-feira, 21, orientações para a população cearense se proteger de possíveis acidentes envolvendo escorpiões. De acordo com dados divulgados pelo órgão, o Ceará registrou 7.161 ocorrências com animais peçonhentos, sendo 5.090 somente de escorpião em 2018.

Duarnte o período de chuvas, o aparecimento de escorpiões aumenta, ocasionando um maior número de registro de acidentes. Com as chuvas, eles procuram lugar para se abrigarem, podendo se esconder dentro de casas. 

Os escorpiões costumam entrar nas residências por meio de frestas em paredes, portas, janelas, tubulações para fiação e encanamentos de esgoto a procura de baratas que servem como alimento, principalmente durante o período noturno. Durante o dia, eles podem ficar escondidos dentro de lugares escuros como roupas, calçados, armários, gavetas, panos e toalhas em áreas de serviço e banheiros. 

A Sesa recomenda algumas prevenções como verificar roupas e calçados antes de usá-los, não colocar mãos em tocas ou buracos e manter a limpeza da casa e o quintal, para não aumentar a quantidade de lixo acumulado, cujos locais podem servir de abrigo para escorpiões.

[VIDEO1]

Caso a pessoa seja picada por um escorpião, A Sesa recomenda lavar o local da picada com água e sabão e procurar atendimento médico imediatamente.  

Atendimentos em unidades hospitalares de referência em todo o Estado

Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza;

Hospital Regional Norte, em Sobral;

Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte;

Maternidade Maria José, em Quixadá e 

Hospital Regional Casa e Saúde, em Russas. 

 


TAGS