PUBLICIDADE
Notícias

Cervejas que não dão ressaca passam a ser comercializadas

Um produtor holandês adicionou alguns ingredientes em uma cerveja artesanal que podem reverter o quadro de desidratação causado pelas cervejas tradicionais

18:15 | 15/12/2016
Cena do filme
Cena do filme "Se beber, não case"

[FOTO1]Cervejas que não dão ressaca passam a ser comercializadas na Holanda. No bairro Vermelho, em Amsterdã, o produtor Thomas Gesink adicionou alguns ingredientes básicos que podem fazer a diferença no dia seguinte.

 

O produtor revelou que adiciona na bebida artesanal casca de salgueiro, gengibre, sal marinho e vitamina B12. Para ele, esses ingredientes são fundamentais para a recuperação dos líquidos. A novidade repercutiu no país e é um dos produtos mais pedidos pelos "cervejeiros". 

 

Cerveja isotônica

Outros pesquisadores já se propuseram a criar uma cerveja que não dá ressaca. Os pesquisadores australianos do Instituto Griffith de Saúde desenvolveram uma cerveja isotônica que promete eliminar as substâncias. O professor associado Ben Desbrow, do Centro de Inovação em Saúde do Instituto, conseguiu acrescentar eletrólitos, aumentando o potencial de hidratação da bebida. 

 

Em entrevista ao portal News Medical, o pesquisador afirmou que manipulou os níveis de eletrólitos de quatro cervejas: duas de marcas comerciais, uma com teor de álcool regular e outra leve. Duas pessoas provaram a bebida após o exercício físico. Logo em seguida, monitoraram a recuperação dos fluídos dos participantes.

 

%2b Leia Mais: Esticou a noite? Saiba como cuidar da ressaca

 

Apesar do potencial de repor o líquido do corpo, Ben Desbrow não recomenda tomar uma cerveja após exercícios pesados.. Os resultados do trabalho do professor estão publicados no International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism.

 

Como tratar a ressaca?
Enquanto essa cerveja não é comercializada nos bares do Brasil, é preciso ficar atento às dicas de tratar a ressaca após uma noite de bebedeira. O mal estar do dia seguinte é causado pelo aumento da produção de enzimas no fígado para processar a alta quantidade de álcool. Segundo as explicações dos especialistas, a ressaca é causada quando a quantidade máxima de álcool é superada em um dia.

 

A nutricionista clínica, Camilla Oliveira, afirma que há formas de previnir ou reduzir os desconfortos do dia seguinte. Segundo ela, o ideal é intercalar a bebida alcoólica com uma bebida leve como água de coco ou alimentos. “Nunca tomar a bebida sem algum intervalo”, orienta a média em entrevista ao O POVO Online na ocasião do Dia da Ressaca.

 
Caso o apreciador tenha ingerido a bebida sem esses cuidados, Camilla recomenda ingerir líquidos - como água mineral, água de coco ou suco de frutas - com frequência para reverter o quadro de desidratação do organismo. “Além de hidratação, também oferecem uma carga muito boa de vitaminas e minerais que vão ajudar o corpo a se recuperar”, conclui.

Redação O POVO Online

TAGS