PUBLICIDADE
Notícias

Remédio para medula óssea é capaz de reverter calvície

O tratamento se mostrou eficaz em pacientes com alopecia areata, uma doença comum que causa a queda de cabelo. A droga não mostrou eficiencia no combate ao tipo mais comum de calvície, que é causada por fatores hormonais

19:46 | 18/08/2014
NULL
NULL
Um grupo de pesquisadores do Centro Médico da Universidade de Columbia (CUMC, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, publicou um estudo revelando que um remédio para o tratamento de doenças na medula óssea foi capaz de reverter completamente a perda de cabelo em três pacientes.

Segundo a pesquisa, que foi publicada no último domingo, 17, pela revista Nature Medicine, os pacientes foram diagnosticados com alopecia areata, uma doença comum que causa a queda de cabelo. Essa doença é mais grave e mais difícil de tratar do que o maior causador da calvície, que é mais relacionado a distúrbios hormonais.

O medicamento testado é o ruxolitinib, que já é aprovado por órgãos de saúde dos Estados Unidos e da Europa, mas que não possui registro no Brasil. Esse remédio é usado para tratar a mielofibrose, doença que faz com que as células da medula óssea se desenvolva de forma anormal.

Há cerca de dois meses, um estudo da Universidade Yale, também nos Estados Unidos, divulgou um estudo em que o citrato de tofacitinibe, usado para tratar a artrite reumatóide, fez com que os cabelos de uma paciente com alopecia areata voltassem a crescer em bastante quantidade. Além de alopecia, ela também sofria de psoríase, que é uma condição que causa placas avermelhadas na pele.

Redação O POVO Online

TAGS