PUBLICIDADE
Notícias

Casal mantém filho vivo bombeando 24h diárias um dispositivo ressuscitador

Wang Lanqin e Fu Minzu não tinham condições de internar o filho tetraplégico. Os dois ficaram com dedos deformados após trabalho incessante

18:10 | 31/01/2013
NULL
NULL

Um casal chinês que bombeia um saco ressuscitador 24h diárias por anos para manter o filho vivo, finalmente irá receber auxílio. A história dos moradores da província de Zhejiang comoveu e gerou polêmica em todo o país.

Após sofrer um acidente de carro em março de 2006, Fu Xuepeng, com 23 anos na época ficou tetraplégico. Como seus pais Wang Lanqin e Fu Minzu não possuíam verbas suficientes para a internação do filho, os dois tiveram que se revezar na tarefa contínua de pressionar um dispositivo para ajudar o filho a respirar.

O casal chegou a ficar dois anos consecutivos bombeando o aparelho sem parar, o que acabou deformando suas mãos. A situação apenas obteve alguma melhora quando parentes construíram um ventilador mecânico caseiro para Xuepeng.

A máquina, no entanto, não trouxe total descanso para o casal, pois ela costuma consumir muita energia. Ela permanecia ligada apenas durante a noite, enquanto a família dormia. De dia, o casal voltava a bombear o dispositivo para o filho.

Segundo o "China Daily" os pai de Xuepeng "nunca pensou em desistir". Após o caso ser amplamente divulgado pela mídia, a família recebeu uma grande quantidade de doações, inclusive consultas em um hospital local. Em relação a todo esforço dos pais pelo filho, o jovem diz: "não sei se terei uma chance nesta vida de pagar de volta aos meus pais o que eles fizeram por mim".

Redação O POVO Online

TAGS