select ds_midia_link from midia where cd_midia = limit 1
Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Bolsonaro vai à Arquidiocese do Rio reafirmar posição contra aborto e drogas

"Assumimos o compromisso em defesa da família, em defesa da inocência da criança, em defesa da liberdade das religiões, contrários ao aborto, contrários à legalização das drogas", disse o candidato
10:40 | Out. 17, 2018
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

Após passar a terça-feira sem cumprir agenda externa de campanha, o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, foi a Arquidiocese do Rio, na Glória, na zona sul da capital, na manhã desta quarta-feira, 17. O candidato se encontrou com o cardeal arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, para assumir compromissos contra o aborto e legalização das drogas. No fim, Bolsonaro prestou continência ao religioso.

"Assumimos o compromisso em defesa da família, em defesa da inocência da criança, em defesa da liberdade das religiões, contrários ao aborto, contrários à legalização das drogas", disse Bolsonaro. "Ou seja, o compromisso que está no coração de todo brasileiro de bem."

Bolsonaro afirmou ainda que "não queremos mais flertar com o desconhecido ou com aquilo que não deu certo em lugar nenhum do mundo". Por fim, ele declarou que "esse compromisso, mesmo estando em papel, já estava em nossos corações".

Após visitar dom Orani, Jair Bolsonaro foi à sede da Polícia Federal, no Centro do Rio. Na segunda-feira, dia 15, ele já havia estado no Batalhão de Operações Especiais (Bope).

 

 

Agência Estado

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Brasil bate a marca de 100 milhões de pessoas vacinadas

Saúde
2021-07-31 18:07:28
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Brasil chegou a 100 milhões de pessoas imunizadas ao menos com a primeira dose da vacina contra a covid-19. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 62% da população já recebeu ao menos uma dose. “Estamos cada vez mais próximos de chegar na nossa meta: até setembro, 100% dos adultos estarão vacinados com a primeira dose. E, até o final do ano, todos estarão imunizados”, afirmou o ministério, em nota à imprensa.

Ao mesmo tempo, o governo tem alertado a população sobre a importância da segunda dose. O ministério lançou no início de julho uma campanha para incentivar as pessoas que já tomaram a primeira dose a procurarem os postos de saúde para completar o esquema vacinal.

Nas redes sociais, o ministério ressalta a importância de se vacinar: “Quando chegar a sua vez, vacine já!!”

Podcast Vida&Arte debate sobre o papel da arte entre jovens da periferia

Juventude Sobrevivente
2021-07-31 18:00:00
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Qual a função da arte nas vidas de jovens que vivem nas periferias de Fortaleza? Esse é o questionamento norteador do primeiro episódio da quarta temporada do Podcast Vida&Arte. Conteúdo já está disponível nas plataformas digitais, como Spotify e Deezer.

Na conversa, os convidados são: Cinthia Medeiros, editora do Núcleo Audiovisual do O POVO, e Felipe Rima, rapper e produtor musical. A mediação fica sob responsabilidade de Bruna Forte, repórter do Vida&Arte.

O diálogo se baseia na série “Guerra Sem Fim”, do O POVO. A produção exclusiva da área de assinantes O POVO+ explora, no capítulo “Juventude Sobrevivente”, as histórias de pessoas que construíram caminhos a partir da arte e se distanciaram do contexto da violência.

Veja também | Guerra Sem Fim

Na obra audiovisual, ainda é possível conhecer as narrativas de Jardson “Remido”, poeta marginal do Grande Jangurussu, e Jô Costa, atriz e professora travesti do Bom Jardim, além do próprio Felipe Rima.

“A série ‘Guerra Sem Fim’ está na segunda temporada. A primeira, que foi lançada no ano passado, dava conta de uma situação de violência que Fortaleza vivia por conta do conflito das facções em relação às medidas que haviam sido tomadas pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social”, afirma Cinthia Medeiros no podcast.

Já a segunda parte revela os impactos que essa situação tem na vida das pessoas que se encontram neste contexto de vulnerabilidade social. Há, no total, três episódios: “Refugiados Urbanos”, “GDE, Como Nasce Uma Facção” e “Juventude Sobrevivente”.


 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

CPTM retoma o Expresso Turístico a partir de 8 de agosto

Geral
2021-07-31 17:52:30
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A partir do dia 8 de agosto as viagens do Expresso Turístico da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) para Paranapiacaba, no meio da Serra do Mar, em Santo André, voltam a ser realizadas, depois de um ano e meio paralisadas devido à pandemia de covid-19. As primeiras viagens serão dias 8 e 22 de agosto e 5 e 19 de setembro, exclusivas para quem comprou o bilhete antes da pandemia e não pediu reembolso.

Todos os passageiros com viagens pendentes serão procurados pela CPTM para remarcar o passeio. Esse contato respeitará a ordem da viagem inicialmente comprada. O mesmo bilhete já adquirido deverá ser apresentado na data da nova viagem. Caso não seja possível aceitar a viagem nas datas propostas pela companhia, a passagem não perderá a validade e o passageiro, se quiser, ainda poderá pedir o reembolso. 

"Os passageiros que compraram as passagens, não viajaram e optaram por esperar serão recompensados agora. Todas as viagens respeitarão todos os protocolos de segurança para que a ida a Paranapiacaba seja uma experiência inesquecível e segura", disse o presidente da CPTM, Pedro Moro.

A previsão da CPTM é a de que sejam necessárias 13 viagens para atender as 1.350 pessoas que têm bilhetes válidos. A capacidade total de passageiros em cada uma das viagens será determinada pelo Plano São Paulo - atualmente é permitido 60% da capacidade total dos assentos, o que corresponde a 103 pessoas. 

Passageiros que tiverem dúvidas podem acessar a página da CPTM  ou entrar em contato com a empresa pelo e-mail [email protected] , whatsapp (11) 9 9767 7030 ou pela central de relacionamento 0800 055 0121. Ao entrar em contato será preciso informar o nome da pessoa que comprou a passagem, data original da viagem e número do bilhete. O prazo de resposta será de cinco dias úteis. 

Ainda em 2021, a CPTM pretende realizar duas viagens para Jundiaí com o objetivo de atender as cerca de 150 pessoas com viagens pendentes, por conta da pandemia. Já para Mogi das Cruzes, não havia passagens pendentes.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

‘Über dos ônibus’, FlixBus estreia no País para concorrer com a Buser

ECONOMIA
2021-07-31 17:37:04
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

As estradas brasileiras estão prestes a receber mais um competidor no ramo de ônibus interestaduais. O unicórnio alemão FlixBus, que é uma espécie de Uber dos ônibus, está pronto para iniciar a operação no País, esperando apenas a liberação de órgãos reguladores, como a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Concorrente direta da brasileira Buser, a empresa separou US$ 100 milhões (cerca de R$ 507 milhões no câmbio atual) para investimentos por aqui.
"O Brasil é um dos maiores mercados do mundo e estamos à espera apenas de licenças, pois em todos os lugares do mundo operamos de maneira regular", diz Edson Lopes, diretor-geral da FlixBus no País.
Estima-se que o mercado brasileiro de viagens interestaduais por via rodoviária seja próximo de 50 milhões de operações por ano. Em 2020, por causa da pandemia, o número caiu 54%, mas neste ano já há uma recuperação. Lopes calcula que também com as viagens intermunicipais, o mercado é de 80 milhões de viagens por ano.
Por isso, no longo prazo, ele acredita que é possível que a FlixBus se torne líder de mercado e com uma fatia acima de 10 milhões de passageiros. Para que esse número seja possível, a startup vai entrar no País com promoções agressivas, como aconteceu em outros mercados em que ela estreou. Recentemente, a companhia estreou no Reino Unido com viagens por menos de € 1.
Além de viagens mais baratas, a companhia vai apostar em um segmento premium, com ônibus mais confortáveis e com possibilidade de oferecer mais viagens em ônibus com acomodações leito e semileito. Para isso, a companhia tem feito parceria com montadoras e empresas financeiras para oferecer financiamentos para interessados.
"Isso está em discussão e queremos utilizar a nossa escala e marca para facilitar as operações", afirma Lopes.
A companhia também está em negociação para ocupar espaços em terminais rodoviários e quer ter também guichês para vendas físicas de passagem para democratizar o acesso. Os ônibus da FlixBus, apesar de serem de propriedade de terceiros, serão inteiramente adesivados com a logomarca da empresa para potencializar a estratégia de marketing.
Concorrência
Rival da FlixBus já em operação, a Buser inaugurou esse mercado em 2016 e de lá para cá amealhou mais de 1 milhão de passageiros, mas também sofreu com processos na Justiça por falta de regulação específica. É por isso que a FlixBus decidiu esperar a liberação desse tipo de serviço pela ANTT.
Assim como a Uber quando começou a operar no Brasil, a companhia mexeu em um mercado regulado e diversas empresas do setor reprovaram a entrada de uma concorrente que sequer tinha um ônibus e, segundo eles, não cumpria as normas estabelecidas pela ANTT. A Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati), por exemplo, moveu ações para barrar o funcionamento da Buser, mas desistiu delas em abril de 2021.
O mercado avalia que esse tipo de serviço vai ser uma realidade em breve. Em junho, a Buser recebeu aportes de R$ 700 milhões e afirmou que queria crescer dez vezes em dois anos com mais de R$ 1 bilhão em investimentos.
A FlixBus vai entrar em um mercado que já está mais acostumado com esse tipo de serviço. E vem com bastante dinheiro por trás. Os US$ 100 milhões que serão investidos por aqui virão de um aporte de US$ 650 milhões recebidos no mês passado. Agora, a companhia tem um valor de mercado de US$ 3 bilhões.
Para Renato Mendes, sócio da F5 Business Growth, especializada em inovação, a entrada da FlixBus pode representar uma guerra de preços. Ele compara o negócio exatamente com os aplicativos de transporte, onde houve diversos entrantes e poucos sobreviventes, como Uber e 99. "Vai ter uma grande perda de rentabilidade do setor e virará uma briga de cachorro grande. Para as empresas se manterem competitivas, terão de investir muito dinheiro", afirma. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ferroviário e Botafogo-PB empatam em 0 a 0 pela Série C 2021

SÉRIE C
2021-07-31 17:34:00
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

O duelo entre Ferroviário e Botafogo-PB pela Série C do Campeonato Brasileiro ficou no 0 a 0, em partida válida pela 10ª rodada da competição, disputada na tarde deste sábado, 31, no estádio Elzir Cabral, em Fortaleza.

Com o resultado, o Ferroviário caiu para a terceira colocação do Grupo A, com 16 pontos, sendo ultrapassado pelo novo líder da competição, o Volta Redonda-RJ, que agora soma 17 pontos após vencer o Altos-PI por 2 a 1. O Coral ainda pode perder uma posição e ser ultrapassado por Paysandu-PA ou Tombense-MG, que jogam entre si neste sábado, às 17 horas, no estádio Curuzu, no Pará.

Na próxima rodada, o Tubarão vai até o Piauí enfrentar o Altos, na sexta-feira, 6 de agosto, às 20 horas, no estádio Albertão, em Teresina-PI.

O jogo

O primeiro tempo foi movimentado, com chances reais de gol para ambos os lados. O Coral, no entanto, foi quem tomou a iniciativa nos primeiros minutos da partida. O Ferrão entrou em campo pressionando a saída de bola do Botafogo-PB, fazendo com que a equipe paraiba errasse diversos passes.

Logo aos cinco minutos, a primeira boa chegada do Ferroviário no campo de ataque. Após bom lançamento de Lázaro para Adilson Bahia, o camisa 9 chegou livre pela esquerda da grande área e tentou o cruzamento para Gabriel Silva. O defensor do Botafogo, Gabriel Yanno, fez boa cobertura e afastou a bola.

O Tubarão seguiu pressionando e aos 13 minutos, Adilson Bahia finalizou dentro da área, obrigando o goleiro Lucas a realizar uma boa defesa, evitando o primeiro gol do Ferrão. Sem diminuir o ritmo, o Coral teve novamente uma boa chance três minutos depois. Na entrada da grande área, Adilson Bahia, bastante participativo no jogo, ajeita para a chegada de
Wesley Dias, que solta o pé de fora da área. A bola sobe e sai por cima do gol.

Apenas aos 24 minutos, o Botafogo-PB conseguiu sua primeira finalização. Esquerdinha conduziu bem a bola e foi derrubado por Emerson Souza perto da entrada da área. Na cobrança da falta, Gabriel Araújo bateu colocado, por cima da barreira, mas o goleiro Rafael defendeu em dois tempos.

A partir dos 30 minutos, o jogo passou a ficar mais equilibrado. O Ferroviário tentou aproveitar as bolas paradas, sem sucesso. Aos 38, Mauri recebeu uma bola que sobrou na entrada da área após a defesa do Belo afastar errado. O camisa 7 bateu cruzado, mas a finalização saiu pela linha de fundo.

Apesar da pressão do Tubarão durante boa parte do primeiro tempo, a melhor chance do jogo foi dos paraibanos. Aos 41, Gabriel Araújo cobrou escanteio e colocou a bola na cabeça de Juba, que entrou sozinho. A cabeçada passou rente à trave.

O segundo tempo começou da mesma forma que a primeira etapa, com o Ferroviário pressionando para abrir o placar. Com quatro minutos, Roni invadiu a área e bateu com força. O arqueiro do Belo fez uma boa defesa.

O camisa um do Botafogo-PB seguiu sendo requisitado. Aos 16 minutos, Gabriel Silva cabeceou dentro da pequena área e Lucas realizou um verdadeiro milagre, buscando a bola no canto esquerdo com a ponta dos dedos.

Com 23 minutos jogados, o técnico Francisco Diá precisa realizar duas mudanças na equipe. Adilson Bahia, principal destaque Coral no jogo, com cãibras, saiu para a entrada de Edson Cariús. A segunda substituição foi a troca do meia Mauri por Reinaldo, que atua na mesma posição.

E foi com o próprio Edson Cariús a última grande chance do confronto. O centroavante recebeu dentro da área, ganhou na força dos defensores do Belo e finalizou muito perto do gol. O Ferrão ainda tentou pressionar nos minutos finais, mas sem eficiência. Em dia inspirado do goleiro alvinegro Lucas, o Coral não conseguiu sair do 0 a 0 com o Botafogo-PB.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags