PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Além de Bolsonaro, adversários atacam Haddad no primeiro bloco de debate

23:30 | 30/09/2018
Além de ataques a Jair Bolsonaro (PSL), o candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, também foi alvo de adversários no primeiro bloco do debate entre presidenciáveis realizado pela TV Record neste domingo, 30.

Alvaro Dias (Podemos) e Geraldo Alckmin (PSDB) fizeram uma dobradinha contra os "radicais" e a polarização entre Bolsonaro e Haddad no primeiro turno da eleição. Alckimin fez uma apelo pela "união" dos eleitores contra o cenário e defendeu uma "virada" na última semana da primeira etapa do pleito. Os dois defenderam reduzir o número de políticos no Legislativo.

Além disso, os partidos do Centrão, que estão coligados com o tucano, viraram tema de embate entre os candidatos do Podemos e do PSDB. "A arca de Noé está se desmanchando e os oportunistas já estão buscando outro porque querem cargos", disse Dias. Alckmin, por sua vez, lembrou que Dias já foi líder do PSDB no Congresso e que todos buscaram apoio do Centrão.

Haddad foi atacado também por Cabo Daciolo (Patriota), para quem o ex-prefeito "não fez nada" na Prefeitura de São Paulo e agora quer ser presidente. "Lula é um líder, você tem que aprender muito para ser um líder," disse.

Agência Estado

TAGS