PUBLICIDADE
Política
Eleições 2018

PT confirma "debate paralelo" com Haddad e Manuela pela internet

Com Lula preso, o partido não participa do primeiro debate presidencial, na noite desta quinta-feira

15:20 | 09/08/2018
Manuela e Haddad se entreolham. Ao fundo, entre os dois, a foto de Lula
(Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas)
Com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva preso, o PT confirmou que fará transmissão paralela pela internet durante o debate entre candidatos à Presidência da TV Band, na noite desta quinta-feira, 9.

 

O chamado "Debate com Lula", sem o ex-presidente, reunirá o candidato a vice, Fernando Haddad, a deputada Manuela D'Ávila (PCdoB) - escolhida para ser vice na chapa após a Justiça Eleitoral definir a situação de Lula na disputa -, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e o coordenador da campanha, José Sergio Gabrielli.

 

O "debate" paralelo começará às 22 horas, no mesmo horário da programação da emissora de TV. O PT avaliou que um programa pelas redes sociais daria mais exposição a Haddad e Manuela do que se os dois fossem ao debate na TV como convidados.

 

A estratégia do partido é vincular diretamente os candidatos à imagem de Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril.

Agência Estado