PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Doria e Marinho trocam acusações, em tentativa de polarizar debate

00:20 | 17/08/2018
Os candidatos João Doria (PSDB) e Luiz Marinho (PT) tiveram forte embate na começo do terceiro bloco do debate da Band entre postulantes do governo do Estado de São Paulo, na noite desta quinta-feira, 16.

O petista tentou atrelar a imagem de Doria ao presidente Michel Temer (MDB). Em reação, o tucano disse que o ex-prefeito de São Bernardo do Campo (SP) é réu por irregularidades na construção de museu em sua cidade.

A partir daí, ambos começaram os ataques. Doria pergunta a Marinho qual era a definição dele para ética e citou "Lula preso" e "Dirceu com tornozeleira". Esta foi, aliás, a primeira menção ao nome do ex-presidente no debate.

Em resposta, o petista citou os nomes do ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, e do ex-presidente da Dersa Laurence Casagrande, que está preso sob suspeita de corrupção.

Marinho atacou ainda Doria por ter "largado a Prefeitura de São Paulo, assim como (José) Serra".

Em dobradinha, Marcelo Cândido (PDT) e Lisete Arelalo (PSOL) criticaram veladamente Doria por usar a Prefeitura de São Paulo como "trampolim" para outros cargos.

Agência Estado

TAGS