Secom diz que aguarda notificação do TCU para tomar providências sobre suspensão de licitação

A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) disse que não teve a oportunidade de se manifestar previamente à decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) que suspendeu uma licitação de R$ 198 milhões para comunicação digital por suspeita de irregularidades. De acordo com a nota, o órgão tomará as "providências cabíveis" depois de notificado.

O Tribunal de Contas da União mandou suspender o processo depois de uma representação de congressistas de oposição. Eles argumentaram que os nomes das empresas vencedoras foram divulgados em reportagem na imprensa antes do fim oficial da seleção, o que indicaria quebra do sigilo da licitação.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Leia a seguir a manifestação da Secretaria de Comunicação Social:

"A Secom esclarece que não foi notificada sobre a representação do MPTCU e, portanto, a Advocacia-Geral da União (AGU) não teve a oportunidade de se manifestar previamente à decisão cautelar. Aguardarmos a notificação do Tribunal para, junto com a AGU, tomarmos as providências cabíveis."

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Secom licitação TCU suspensão irregularidades defesa

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar