Participamos do

Polícia faz busca e apreensão em casa e gabinete do vereador Gabriel Monteiro

O hoje vereador também é alvo de representação na Câmara do Rio de Janeiro
10:29 | Abr. 07, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O vereador pelo Rio de Janeiro e ex-policial Gabriel Monteiro (PL), assessores e ex-assessores são alvos de operação da Polícia Civil do Rio (PC-RJ), que cumpre mandados de busca e apreensão em pelo menos 11 locais ligados ao parlamentar e a pessoas que prestam ou prestaram serviços a Monteiro.

Dentre os locais estão a casa de Gabriel, na Barra da Tijuca, e o gabinete dele na Câmara Municipal. A operação ocorre na esteira de investigação sobre vazamento de vídeo íntimo no qual Gabriel faz sexo com uma adolescente de 15 anos. O parlamentar negou ter vazado o vídeo e acusou ex-funcionários de fazê-lo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Tanto Gabriel quanto a adolescente alegaram às autoridades que a relação sexual e a gravação foram feitas de forma consensual. A busca e apreensão foi autorizada pelo plantão judiciário para recolher notebooks, computadores, tablets, celulares, kindles, smartphones, mídias externas e portáteis tais como HDs externos, pendrives, CDs, DVDs e semelhantes.

Também foi autorizado pela Justiça o afastamento do sigilo telefônico e informático para todo o conteúdo dos aparelhos e mídias apreendidos. O hoje vereador também é alvo de representação na Câmara por conta do caso e de outras acusações de assédios moral e sexual e agressões relatas por funcionários e ex-funcionários dele.

Com informações da Agência Brasil

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar