Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

PSDB, MDB e União Brasil podem anunciar candidatura única até junho

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, voltou a dizer nesta segunda-feira, 21, que a legenda, juntamente com MDB e União Brasil, com a possibilidade de incluir Podemos, deve anunciar no dia 1º de junho candidatura única ao Planalto.

"MDB, União Brasil e PSDB tiveram espírito público de aceitar condicionarem o resultado aos critérios da escolha desse candidato único", afirmou Araújo durante ato de filiação ao PSDB do senador Alessandro Vieira, que se colocou como pré-candidato ao governo de Sergipe pelo partido.

PSDB indicou o nome do governador João Doria como pré-candidato à disputa ao Planalto. Já o MDB anunciou o nome da senadora Simone Tebet (MS). Os tucanos negociam, ainda, formação de federação com o Cidadania, mecanismo que garante "fusão" durante quatro anos entre as legendas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Moro

Vieira, que era o pré-candidato ao Planalto pelo Cidadania, deixou o partido após divergências com o comando da sigla.

Entusiasta antigo da candidatura de Sérgio Moro (Podemos) à Presidência, o senador disse, durante o evento, que não mudou a opinião sobre o ex-Juiz. "Como o Cidadania fez um acordo com o PSDB, a consequência lógica dessa fusão é o apoio ao Doria", disse. Já está muito claro que isolados, tanto faz Doria, Moro ou Simone Tebet, não terão sucesso", completou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar