Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

De Cid Gomes a Tom Cavalcante, veja quem receberá Medalha da Abolição, maior homenagem do Ceará

A jogadora de futsal Amandinha, a presidente do Tribunal de Justiça, o presidente da Fiec, o ativista social Preto Zezé e o artesão Espedito Seleiro são outros agraciados, ao lado dos cientistas que criaram o capacete Elmo
01:36 | Mar. 09, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O governador Camilo Santana (PT) anunciou lista de homenageados com a Medalha da Abolição. A lista de nove nomes é referente aos últimos três anos. A maior comenda do Estado do Ceará não é concedida desde 2020, quando começou a pandemia de Covid-19. Agora, o anúncio é feito de forma retroativa.

A lista inclui o senador Cid Gomes (PDT), padrinho político da chegada de Camilo ao Governo do Estado; a jogadora de futsal Amandinha; o humorista Tom Cavalcante; a presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, Nailde Pinheiro; o presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), a procuradora e secretária de Estado Socorro França; o ativista social Preto Zezé; o mestre da cultura Espedito Seleiro e os cientistas que criaram o capacete Elmo.

Confira mais sobre cada um dos homenageados:

2020

Socorro França: titular da Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos do Ceará (SPS), tem longo histórico de luta pelos direitos da população do Ceará.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Espedito Seleiro: Espedito Veloso de Carvalho é filho do Cariri e seleiro de ofício ao aprender a confeccionar selas com oitos anos de idade. Um dos grandes artistas do Brasil com suas peças de couro, hoje é mestre da cultura do Ceará, e reconhecido internacionalmente.

Tom Cavalcante: Antônio José Rodrigues Cavalcante é humorista, ator, apresentador, radialista e dublador repercussão nacional.

2021

Cientistas que criaram o Elmo: será homenageada a equipe de cientistas cearenses que criou o Capacete de Respiração Assistida, que salvou vidas na pandemia por evitar a entubação de pacientes.

Maria Nailde Pinheiro Nogueira: desembargadora eleita no biênio de 2021 a 2023 como presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE).

Preto Zezé: Francisco José Pereira de Lima é presidente da Cufa (Central Única das Favelas), com grande histórico de trabalho social, reconhecido na defesa dos direitos dos mais humildes e importante figura nos debates contra o racismo.

2022

Amandinha: Amanda Lyssa de Oliveira Crisóstomo é jogadora de futsal, tricampeã mundial com a Seleção Brasileira de Futebol, eleita oito vezes a melhor do mundo, e atualmente joga no Torreblanca, da Espanha. Será a mais jovem cearense a receber a honraria.

Cid Ferreira Gomes: senador da República, foi governador do Ceará por oito anos, e um dos grandes responsáveis por essa grande revolução na Educação do Ceará. Foi Ministro da Educação no Governo Dilma Roussef.

José Ricardo Montenegro Cavalcante: presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), é um entusiasta do projeto do hidrogênio verde no Ceará, e foi um dos grandes apoiadores do Estado durante a pandemia.

Os nomes agraciados são escolhidos por comissão definida em decreto.

A Medalha da Abolição foi instituída em 1963 para reconhecer o trabalho relevante de brasileiros para o Ceará ou o Brasil.

 Com informações do Governo do Ceará

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar