Participamos do

Após audiência de custódia, vereador Ronivaldo Maia tem prisão mantida pela Justiça

A defesa do parlamentar questionou a decisão e prometeu agir para revertê-la
12:56 | Nov. 30, 2021
Autor Vítor Magalhães
Foto do autor
Vítor Magalhães Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A audiência de custódia do vereador Ronivaldo Maia (PT), realizada no fim da manhã desta terça-feira, 30, determinou que o parlamentar seguirá preso após suspeita de tentativa de feminicídio ocorrida na última segunda-feira, 29, em um bairro da Capital.

“Para a surpresa da defesa, embora ele (Ronivaldo) reúna todas as condições para responder em liberdade, por ser uma pessoa pública, sem histórico de violência ou antecedentes criminais, teve a autuação em flagrante convertida em prisão preventiva”, informou Hélio Leitão, advogado do parlamentar.

O juiz Cláudio Augusto Marques de Sales decidiu manter a prisão em flagrante do parlamentar. Leitão questionou a decisão e prometeu agir. “O que ocorre nesse País é a banalização das prisões preventivas. Ingressaremos com uma medida judicial para reverter a decisão”, pontuou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ronivaldo  foi preso em flagrante na tarde da última segunda-feira, 29, suspeito de tentativa de feminicídio contra uma mulher de 36 anos. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) informou que o homem de 51 anos teria acelerado o carro em direção à mulher, que após ser atingida precisou ser socorrida às pressas para uma unidade hospitalar da região.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags