Participamos do

Ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles diz que Moro é "comunista"

Bolsonarista de carteirinha, Salles associou o pré-candidato do Podemos a uma política de dissimulação e traição
15:01 | Nov. 24, 2021
Autor Vítor Magalhães
Foto do autor
Vítor Magalhães Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-ministro do Meio Ambiente e bolsonarista, Ricardo Salles, criticou o ex-ministro da Justiça e agora presidenciável Sérgio Moro (Podemos). Salles afirmou que Moro é “comunista” e "a favor de drogas" em entrevista no programa Jovem Pan Morning Show nesta quarta-feira, 24.

“A política de Moro é a política da dissimulação, da traição. O cara (Moro) aceitou ser político, aceitou ser ministro do Bolsonaro, sabendo que não tinha nada a ver com o governo. Que ele é de esquerda, é contra as armas, a favor de drogas, tem uma visão… O Moro é comunista, lógico que é comunista”, pontuou o ex-gestor da pasta de Meio Ambiente.

E seguiu: “Vai dizer que Moro não é de esquerda? O Moro é centro-esquerda, é um tucano”. Salles, bolsonarista de carteirinha, associou o pré-candidato do Podemos a uma “política de dissimulação e traição”. A fala de Salles, que atualmente é comentarista da Jovem Pan, gerou divergências e os demais participantes afirmaram que ele estava exagerando.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags