Participamos do

Vereador desmaia em sessão enquanto rebatia aos berros acusação de ideologia de gênero

Vereador foi alvo de fake news após apresentar projeto em defesa do uso do nome social por pessoas trans
18:49 | Out. 28, 2021
Autor Maria Eduarda Pessoa
Foto do autor
Maria Eduarda Pessoa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O vereador Diego Espino (PSL), de Divinópolis (MG), viralizou nas redes sociais nesta quinta-feira, 28, após desmaiar durante discurso acalorado na Câmara de Vereadores do município. No registro, o parlamentar apareceu exaltado após ter sido alvo de uma fake news que o acusava de defender "ideologia de gênero" por ter apresentado projeto de lei em defesa do uso do nome social por pessoas trans.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jogo Político (@jogopoliticopovo)

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Espino usou seu espaço na tribuna para rebater o boato. Exasperado, ele passou mal e desmaiou. O vereador abriu a fala exibindo uma montagem que estaria circulando com a sua imagem ao lado do texto “vereador Diego Espino apresenta projeto para implantar ideologia de gênero em Divinópolis”.

"Covardes, canalhas. Tudo isso por um objetivo político", introduziu. "A pessoa quando é transgênera, quando ela escolhe sua opção sexual, e a gente tem que respeitar isso, ao invés de ser chamado pelo nome de batismo, pelo nome de registro, (deve) ser chamado pelo nome social. Só isso, é só isso", defendeu. 

"Alguém que se veste como mulher, alguém que nasceu com o sexo masculino, e que se veste e se sente como uma mulher, e tem esse direito, e também tem o direito de ter o nome feminino se assim achar, quem sou eu pra falar se isso é certo ou errado?", acrescentou.

Logo em seguida, o parlamentar elevou o tom e protagonizou o trecho do desmaio que viralizou na tarde de hoje. Aos gritos, ele pontuou "eu nunca fui a favor da ideologia de gênero e nunca vou ser, isso é identidade de gênero".

O termo “ideologia de gênero” é usado por uma parcela da população para se opor a pautas LGBTQIA+ (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, travestis, queer, intersexo e assexuais). A proposta foi alvo de críticas na cidade.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags