Participamos do

Sem saber que estava ao vivo, Bolsonaro fala sobre propina e pergunta: "Quanto vale a vaga para o STF?"

"Presta atenção, pessoal. Quanto você acha que vale a vaga para o Supremo Trib…?", diz Bolsonaro. Quando é avisado que ainda está sendo transmitido, rapidamente, o presidente desconversa
13:05 | Out. 28, 2021
Autor Alice Araújo
Foto do autor
Alice Araújo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Sem saber que estava ao vivo, durante intervalo de entrevista à TV Jovem Pan News, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) falou a respeito de casos de corrupção em contratos de pedágio e questionou quanto seria o preço de uma vaga para o Supremo Tribunal Federal (STF). Após ser avisado de que a gravação ainda estaria sendo transmitida, o mandatário prontamente desconversou e mudou de assunto.

Durante a transmissão ao vivo, nesta quarta-feira, 26, o presidente comentou o recebimento de propina em “caixas de sapato”, que segundo ele, costumavam ser feitos “no passado”. “O cara que fazia contrato levava uma caixa de dinheiro embora, metia a caneta no contrato e passava para R$ 20, o pedágio. Assim que funcionava. Ou não era assim?”, perguntou.

O presidente deu continuidade: “Pra mim é fácil: ‘manda um sapato número 43 para mim, meu número aqui, tá? Um beijo’. Sem problema. Chega o sapato número 43 cheio de notinha de cem verdinha dentro”, relatou Bolsonaro.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ainda sem saber que estava ao vivo, o chefe do Executivo continua o assunto e pergunta às demais pessoas no local quanto elas acham que deve valer uma vaga para o STF.

“Presta atenção, pessoal. Quanto você acha que vale a vaga para o Supremo Trib…?”, diz Bolsonaro. Quando é avisado que ainda está sendo transmitido, rapidamente, o presidente desconversa: “Tá gravando aí? Tá aqui na… (aponta para a câmera). Então, isso daí é o Brasil, a gente apanha pra cacete, pô. O tempo todo. E tem gente que não dá valor. Não dá pra resolver tudo, vamos devagar!"

No decorrer do intervalo, após as falas interrompidas, Bolsonaro continua trazendo outros assuntos. “Imagina se tivesse entrado aqui no meu lugar o Haddad, como é que estaria o Brasil?”, questiona o presidente.

Veja o vídeo:

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags