Participamos do

"PT não é um partido de esquerda, mas de centro-esquerda", diz Haddad

A afirmação aconteceu em reunião organizada pela entidade Esfera Brasil, dedicada a promover diálogos entre setores públicos e privados
18:36 | Out. 15, 2021
Autor Maria Estela Assis
Foto do autor
Maria Estela Assis Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

"PT não é um partido de esquerda, mas de centro-esquerda", afirma o ex-prefeito de São Paulo e candidato a presidente em 2018, Fernando Haddad. A declaração do petista se deu durante jantar com empresários e banqueiros na capital paulista na última quarta-feira. De acordo com colunista do O Globo Lauro Jardim, o objetivo era tranquilizar os participantes acerca da possível eleição de Lula em 2022.

O jantar foi um encontro organizado pela Esfera Brasil, entidade que promove “diálogo construtivos em prol do País” entre líderes políticos e empresariais. Lá, Haddad teria admitido corrupções na Petrobras durante gestão de Lula, mas, segundo ele, seriam “ações de diretores da empresa, sem o conhecimento do então presidente”.

Antes do fim da reunião, Fernando Haddad também teria dito aos empresários e banqueiros que “a grande vingança de Lula será fazer o Brasil crescer novamente”.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags