Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Eleições na Alemanhã ao vivo: sucessor de Angela Merkel é escolhido neste domingo, 26

Cerca de 60,4 milhões de alemães com mais de 18 anos podem votar, presencialmente, neste domingo, 26 ou pelo correio —que já começou a receber as cédulas
11:41 | Set. 26, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Alemanha vai às urnas neste domingo, 26, para escolher o sucessor da chanceler Angela Merkel na eleição que promete ser uma das mais concorridas dos últimos anos no país. Após quatro mandatos e 16 anos no poder, a primeira-ministra foi a primeira mulher a ocupar o cargo – e também a pessoa mais jovem a assumi-lo, aos 51 anos.

LEIA MAIS l O que esperar do sucessor de Angela Merkel

São três os candidatos que mais entusiasmam os alemães e podem ocupar o lugar que vai ser deixado por Merkel: Armin Laschet, da CDU de Merkel, Olaf Scholz, do SPD, atual ministro das Finanças no governo de coligação, e Annalena Baerbock dos Verdes.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Eleições na Alemanhã ao vivo:

Eleições na Alemanhã: como acontece a eleição


Cerca de 60,4 milhões de alemães com mais de 18 anos podem votar, presencialmente, neste domingo, 26, ou pelo correio. Há cerca de 2,8 milhões votando pela primeira vez (4,6% do total).

Apesar dos partidos apresentarem seus candidatos a primeiro-ministro da Alemanha, os eleitores alemães não escolhem diretamente seu chefe de governo. A escolha depende da eleição para o Bundestag, o equivalente à Câmara dos Deputados. No sistema, cada eleitor marca dois votos na cédula.

No primeiro voto, o eleitor escolhe um candidato a deputado para ser seu representante no seu distrito —há 299 distritos eleitorais no país, cada um com cerca de 250 mil eleitores, e os candidatos a representante pelo distrito fazem campanhas voltadas para os problemas e interesses específicos de cada região.

Os partidos também apresentam listas de nomes em cada um dos 16 estados e, no segundo voto da cédula, o eleitor vota no partido com base em seu programa mais amplo. É esse segundo voto que vai definir o número de cadeiras a que cada sigla tem direito no Parlamento.

 

 

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags