Participamos do

Cúpula da CPI reage à fala de Bolsonaro; "Mentiu do começo ao fim", diz Renan

Os senadores criticaram Bolsonaro por defender o chamado tratamento precoce contra a Covid-19, atacar governadores e prefeitos e dizer que o governo federal pagou um auxílio emergencial de US$ 800
11:59 | Set. 21, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A cúpula da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid reagiu ao discurso do presidente da República, Jair Bolsonaro, na Assembleia das Nações Unidas (ONU) e criticou o conteúdo do discurso do chefe do Planalto.

Os senadores criticaram Bolsonaro por defender o chamado tratamento precoce contra a Covid-19, atacar governadores e prefeitos e dizer que o governo federal pagou um auxílio emergencial de US$ 800, valor equivalente a mais de R$ 4 mil em cotação atual do dólar.

"O presidente mentiu do começo ao fim do seu discurso. Vergonhoso. Parece que ele estava falando de outro país que não esse velho Brasil com as contradições que todos nós vemos", afirmou o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou ironicamente que Bolsonaro estaria falando de Belize, e não do Brasil.

O presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), também foi irônico. "Para quem acha que a CPI ia acabar em pizza, nós vimos ontem o chefe da nação comendo pizza na rua. Isso é uma pizza do outro país, a nossa não dá em pizza."

Veja discurso na íntegra:

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags