Participamos do

Projeto prevê multa para quem atropelar animal e não prestar socorro em Fortaleza

Proposta foi protocolada pela vereadora Larissa Gaspar (PT), protocolou nesta terça-feira, 24, e sugere mula de R$ 1 mil aos infratores
14:05 | Ago. 24, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A vereadora da Câmara Municipal de Fortaleza, Larissa Gaspar (PT), protocolou nesta terça-feira, 24, Projeto de Lei que obriga os motoristas a prestarem socorros aos animais - silvestres, domésticos, nativos ou exóticos - atropelados no município. A fiscalização será realizada pelo município através da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis).

Segundo a proposta, o descumprimento da obrigação será punido com uma multa de R$ 1.000, podendo aumentar em caso de reincidência. "Sabemos que, muitas vezes, os protetores independentes que acabam prestando o cuidado e respeito com estes animais. Mas, é importante que a gente imponha esta obrigação a quem os atropela", afirmou Larissa.

A obrigação de socorrer os animais atropelados já é Lei na cidade de São Paulo. A Lei nº 17.619 foi aprovada pela Câmara Municipal, em julho deste ano, e sancionada em 21 de agosto pelo prefeito da cidade, Ricardo Nunes (MDB). Segundo a lei, 50% do valor arrecadado será revertido para instituições protetoras de animais cadastradas na capital paulista.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente