PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Bolsonaro promete mostrar falhas em urnas eletrônicas nesta quinta. "É inacreditável"

O chefe do Executivo disse que o momento poderá ser transmitido no Ministério da Justiça. Ele voltou a criticar o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso

Filipe Pereira
14:04 | 26/07/2021
Bolsonaro errou cálculo do PIB em entrevista à Rádio Jovem Pan de Itapetininga (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Bolsonaro errou cálculo do PIB em entrevista à Rádio Jovem Pan de Itapetininga (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que vai apresentar nesta quinta-feira, 29, às 19 horas, provas que evidenciam supostas falhas nas urnas eletrônicas. Em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada na manhã desta segunda-feira, o chefe do Executivo disse que o momento poderá será transmitido direto do Ministério da Justiça. 

"Vamos expor todas as questões que levam a gente a ter eleições democráticas ano que vem. É inacreditável o que a gente vai mostrar com fotografias e dados fornecidos pelo próprio TSE", disse Bolsonaro. Contudo, o presidente afirmou que "ainda faltam mais dados" que ainda não foram entregues. "Então, logo a gente conclui isso daí porque o trabalho não é fácil", completou. 

Além de voltar a defender o voto impresso, o mandatário retomou criticas ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso. Tem algo esquisito. Não quero acusá-lo [Barroso] de nada, mas ninguém conseguiu entender por que ele é contra [voto impresso]", criticou Bolsonaro.

As manifestações acontecem dias depois de mais uma crise institucional causada pela polêmica do voto impresso, que envolveu o ministro da Casa Civil, general Walter Braga Netto. O presidente também foi alertado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, sobre a relação de crise entre os Poderes. Na reunião com o magistrado, o presidente teria se comprometido a moderar os ataques aos ministros do STF e TSE.