PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Capitão Wagner chama Ciro de "grande camaleão" após ex-ministro atacar Lula e o PT

O deputado federal lembrou que Ciro Gomes já foi ministro de Lula e afirmou que o pedetista passou a atacar Lula devido ao "processo eleitoral, ou eleitoreiro"

14:54 | 15/07/2021
CAPITÃO WAGNER critica Ciro durante evento (Foto: DEÍSA GARCÊZ/Especial para O POVO)
CAPITÃO WAGNER critica Ciro durante evento (Foto: DEÍSA GARCÊZ/Especial para O POVO)

O deputado federal e pré-candidato ao Governo do Estado, Capitão Wagner (Pros), criticou a postura considerada agressiva do presidenciável Ciro Gomes (PDT) contra o ex-presidente Lula e o PT. O parlamentar lembrou que Ciro já foi ministro da Integração nacional no primeiro governo do petista e que seu irmão, o hoje senador Cid Gomes (PDT), foi ministro da Educação no segundo governo Dilma Rousseff (PT). Por conta disso, Wagner classificou Ciro como "um grande camaleão", que agora passa a tratar o PT como "quadrilha".

"Até ontem ele era ministro de um governo do PT, aliado. No Ceará, Ciro apoia o PT e o PT apoia o Ciro", destacou. E completou: "Em virtude do processo eleitoral, ou eleitoreiro, Ciro quer transformar o ex-presidente Lula no maior corrupto da história".

Capitão Wagner é um dos principais nomes da oposição no estado. Bateu recordes de votação quando foi eleito vereador, deputado estadual e deputado federal. Já disputou por duas vezes a Prefeitura de Fortaleza, indo ao segundo turno em ambas as oportunidades. Na eleições de 2020, perdeu para o atual prefeito José Sarto por um diferença de 3 pontos percentuais. Ao mesmo, acumula desgastes pelo apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e por envolvimento em motins de policiais militares.