PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Ciro Gomes projeta 2º turno sem Bolsonaro: "muito provável que seja eu contra o Lula"

O ex-ministro também defendeu a união por um projeto de desenvolvimento, com alianças e participação de partidos do centro e da esquerda

13:09 | 02/07/2021
Ciro se coloca como opção entre Lula e Bolsonaro na disputa presidencial.  (Foto: Reprodução/Instagram )
Ciro se coloca como opção entre Lula e Bolsonaro na disputa presidencial. (Foto: Reprodução/Instagram )

O ex-governador do Ceará e ex-ministro Ciro Gomes (PDT), afirmou nesta nesta sexta-feira, 2, que o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não estará sequer em eventual segundo turno da corrida presidencial de 2022. Para o provável candidato à presidência pelo PDT, a disputa eleitoral deverá ocorrer entre ele e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

"Há muito tempo acho que o Bolsonaro não estará no segundo turno. Não sei sequer se estará na eleição. Sairá da cabeça da nação brasileira essa espada que obriga a esquecer todas as contradições do Lula e do PT só para se livrar do mal maior, mais emergente, mais doído, que é a tragédia do genocida e corrupto Bolsonaro", afirmou Ciro em entrevista ao UOL.

E seguiu: É meu cálculo, minha avaliação, e acredito francamente que o 2º turno, é muito provável que seja eu contra o Lula, o que permitirá ao País discutir as coisas em outro plano", afirmou, reforçando que Bolsonaro está "derretendo".

Ciro também defendeu a união por um projeto de desenvolvimento, com alianças e participação do centro e da esquerda. "O que estou procurando fazer: quero aliança com o DEM, PSD, PSB, Rede, PDT e PV. Se eu vou conseguir ou não é outra conversa (...) MDB não quero nem para ir pro céu", disse o ex-governador cearense que, no Estado, é rompido com o líder emedebista, o ex-senador Eunício Oliveira, que por sua vez é um provável apoiador de Lula em 2022.