PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

CPI da Covid: ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, presta depoimento nesta terça-feira; assista

Parlamentares devem questioná-lo sobre a influência do chamado "gabinete paralelo" nas decisões do governo sobre a pandemia e sobre as condições de saúde para a realização da Copa América no Brasil

09:51 | 08/06/2021
O Brasil tem grande espaço para investimento em saúde. Durante o Fórum de Investimentos Brasil 2021, o ministro Marcelo Queiroga apresentou algumas oportunidades na saúde pública e suplementar. (Foto: Ministério da Saúde)
O Brasil tem grande espaço para investimento em saúde. Durante o Fórum de Investimentos Brasil 2021, o ministro Marcelo Queiroga apresentou algumas oportunidades na saúde pública e suplementar. (Foto: Ministério da Saúde)

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid ouve o depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta terça-feira, 8. Esta é a segunda vez que o ministro participa de oitiva com o senadores. Parlamentares devem questioná-lo sobre a influência do chamado "gabinete paralelo" nas decisões do governo sobre a pandemia e sobre as condições de saúde para a realização da Copa América no Brasil. 

Outra questão que deve entrar na pauta é a razão pela não nomeação da infectologista Luana Araújo, que também prestou depoimento à comissão, para a secretaria extraordinária d enfrentamento à pandemia. Araújo disse não saber o motivo pelo qual não foi oficializada no cargo; especula-se que o critério técnico foi deixado em segundo plano e ela não passou por um crivo político, após críticas ao chamado tratamento precoce.

Queiroga será a primeira pessoa a prestar dois depoimentos à CPI da Covid. Ele já havia prestado depoimento em 6 de maio, mas senadores consideraram a fala "contraditória" e evasiva. Além de Queiroga, o ex-ministro Eduardo Pazuello foi reconvocado para depor e deve ser ouvido novamente nas próximas semanas.