PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Capitão Wagner lança pré-candidatura ao Governo do Ceará para "libertar o estado"

Anúncio foi realizado pelo parlamentar no mesmo em que recebeu o título de cidadão de Acopiara. Nos últimos dias, o deputado tem organizado comitiva com apoiadores para dialogar com lideranças no interior do Ceará

Filipe Pereira
17:38 | 31/05/2021
Capitão Wagner lança pré-candidatura ao Governo do Ceará para 2022 (Foto: Reprodução/Facebook)
Capitão Wagner lança pré-candidatura ao Governo do Ceará para 2022 (Foto: Reprodução/Facebook)

O deputado federal Capitão Wagner (Pros) lançou, na noite deste domingo, 29, sua pré-candidatura ao Governo do Ceará. Em publicação, o parlamentar disse que, ao colocar seu nome para análise, pretende "construir um projeto capaz de libertar o Estado". No final de semana, ele esteve reunido com outras lideranças de oposição ao governador Camilo Santana (PT) para percorrer alguns municípios da Região Sul e do Sertão Central. 

"Libertar das facções, ter saúde pública de qualidade, educação e emprego, que é o que importa. Se, no caminho, aparecer um outro nome mais viável, sem problemas, eu abro mão. Temos que ter um time em campo e projeto pra governar o nosso Estado", disse. No mesmo em que recebeu o título de cidadão de Acopiara, o parlamentar compartilhou em suas redes sociais uma série de vídeos de seguidores animados com sua entrada para a disputa pelo Palácio do Planalto. 

 

Em sua comitiva pelo Ceará, Wagner esteve com aliados políticos, entre eles os deputados Danilo Forte e Fernanda Pessoa, ambos tucanos, o prefeito Maracanaú, Roberto Pessoa (PSDB) e o ex-vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena. Já com projeções em 2022, o deputado também fez passagens em Pedra Branca, Quixeramobim e Iguatu. Nas ocasiões, também estiveram presentes dos deputados estaduais André Fernandes (Republicanos) e Delegado Cavalcante (PSL), aliados da Assembleia Legislativa do Ceará. 

Neste final de semana, o deputado recebeu um convite do deputado federal Heitor Freire (PSL) para deixar o Pros e ingressar no PSL. Apesar de presidente estadual da sigla e líder do partido na Câmara Federal, Wagner não esconde a insatisfação com o posicionamento partidário em relação ao governo Bolsonaro. 

Na manhã desta segunda-feira, 31, Wagner esteve reunido com os vereadores de General Sampaio. "Na oportunidade escutei as demandas dos parlamentares e coloquei meu mandato à disposição para ajudar no que for preciso para o município", disse.