Participamos do

CPI da Covid: "É evidente a omissão do governo no atraso da vacinação", diz Randolfe

O senador e vice-presidente da CPI da Covid afirmou em suas redes sociais que o governo do presidente Jair Bolsonato país ignorou 10 tentativas de contato com a Pfizer
16:40 | Mai. 21, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP), o vice-presidente da CPI da Covid, afirmou ser "evidente" a responsabilidade do governo federal no atraso da vacinação no Brasil. No Twitter, o parlamentar disse que o país ignorou 10 tentativas de contato com a Pfizer e que o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, mentiu sob juramento em seu depoimento na comissão.

“É evidente a omissão do Governo Federal no atraso da vacinação no país e, consequentemente, na perda de milhares de vidas p/ a COVID-19. Além de apontar mentiras contadas sob juramento na CPI. Estamos trabalhando p/ conter os danos que causaram!”, disse Randolfe. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags