Participamos do

Ciro sobre "tratoraço": "A roubalheira aumentou e se disfarçou, como nunca, no governo Bolsonaro"

O pedetista chamou o esquema de "festival de emendas" e defendeu as investigações em torno do caso
11:50 | Mai. 10, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) usou as redes sociais na manhã desta sexta-feira, 10, para criticar a compra superfaturada de tratores em troca de apoio do Congresso Nacional, esquema que seria comandado pelo presidente Jair Bolsonaro. Segundo reportagem do Estadão, por meio dessa prática, intitulada de "tratoraço", o mandatário reservou um orçamento secreto de R$ 3 bi em emendas, boa parte delas destinada à compra de tratores e equipamentos agrícolas. 

Apontado como presidenciável do PDT para 2022, Ciro defende que a criação do orçamento secreto deve ser investigada. "Excelente reportagem de Breno Pires, no Estadão de hoje, confirma algumas coisas que venho dizendo há meses: a roubalheira aumentou e se disfarçou, como nunca, no governo Bolsonaro. O festival de emendas do aluguel do Centrão é um crime gigantesco que precisa ser apurado e punido", diz o pedetista. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Excelente reportagem de Breno Pires, no Estadão de hoje, confirma algumas coisas que venho dizendo há meses: a...

Publicado por Ciro Gomes em Domingo, 9 de maio de 2021

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags