PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Ministro do STF Marco Aurélio determina que Censo 2021 seja realizado

O levantamento decenal foi cancelado após cortes no orçamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A ação pedindo a realização da pesquisa foi ajuizada pelo Estado do Maranhão

15:03 | 28/04/2021
A determinação do ministro do STF Marco Aurélio atende a um pedido da Procuradoria-Geral do Maranhão  (Foto: Carlos Alberto/STF)
A determinação do ministro do STF Marco Aurélio atende a um pedido da Procuradoria-Geral do Maranhão (Foto: Carlos Alberto/STF)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio determinou nesta quarta-feira, 28, que o governo federal tome providências para a realização do Censo 2021. O levantamento decenal foi cancelado após cortes no orçamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A determinação do ministro do STF atende a um pedido da Procuradoria-Geral do Maranhão e reconhece a importância da realização do levantamento para se traçar o cenário socioeconômico do País. A decisão considera ainda a necessidade de avaliar os efeitos da pandemia e, a partir dos dados obtidos, se articularem políticas públicas.

O estudo, inicialmente previsto para o ano de 2020, foi adiado para este ano em razão da pandemia. Em abril, o IBGE chegou a anunciar a suspensão das seletivas de profissionais para trabalharem no Censo. O Orçamento de 2021 aprovado pelo Congresso Nacional reduziu quase 90% das verbas destinadas ao Instituto, inviabilizando a operacionalização da pesquisa.