PUBLICIDADE
Política
Noticia

Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos) serão titulares na CPI da Covid no Senado

Girão é autor do pedido de criação de CPI que foi anexado ao que já havia sido apresentado pelo também senador Randolfe Rodrigues (Rede-AC)

Henrique Araújo
20:41 | 13/04/2021
Tasso Jereissati, senador do PSDB (Foto: Aurelio Alves/O POVO). (Foto: AURELIO ALVES)
Tasso Jereissati, senador do PSDB (Foto: Aurelio Alves/O POVO). (Foto: AURELIO ALVES)

Dois dos três senadores eleitos pelo Ceará serão titulares da CPI da Covid, cujo requerimento de criação foi lido hoje em plenário: Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos).

Ao todo, a CPI contará com 11 membros titulares e seis suplentes.

Girão é autor do pedido de criação de comissão que foi anexado ao que já havia sido apresentado pelo também senador Randolfe Rodrigues (Rede-AC), mas que se limitava a investigar atos do Governo do Federal.

Presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) juntou os dois pedidos, criando uma CPI que irá apurar tanto eventuais omissões de Jair Bolsonaro (sem partido) quanto possível mau uso dos repasses de verbas da União para estados e municípios.

Segundo integrante do Ceará na CPI, Tasso foi escolhido pelo partido para fazer parte do colegiado. O tucano também é cotado para presidir a comissão.