Participamos do

Tasso Jereissati questiona equilíbrio mental de Bolsonaro: "O problema dele é médico. É psiquiátrico"

20:54 | Mar. 31, 2021
Autor Maria Eduarda Pessoa
Foto do autor
Maria Eduarda Pessoa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O senador Tasso Jereissati (PSDB) declarou em entrevista que a resistência do presidente Jair Bolsonaro em mudar de comportamento pode forçar um processo de impeachment. O tucano também colocou em xeque a saúde mental do presidente. "Diante do discurso dele hoje eu começo a ver que, mesmo com essas mudanças (nos ministérios), o presidente Bolsonaro não tem jeito. O problema dele é médico, eu acho que é psiquiátrico”.

E completou: "Sempre disse que era contra o impeachment à medida em que nós tínhamos uma certa expectativa que as coisas pudessem mudar em função do agravamento da crise", justificou.

A declaração foi dada durante gravação de entrevista ao programa Manhattan Connection, da TV Cultura, que vai ao ar na noite desta quarta, 31. Tasso, que nunca defendeu publicamente o impedimento como uma alternativa, diz ter mudado de opinião em função do atual cenário. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O senador comentou a recente reforma ministerial, que alterou a titularidade de seis pastas em apenas um dia, e questionou outra vez a saúde mental de chefe do Executivo." Não é um problema político. E talvez se continuar, isso se comprovando, nós vamos ter que apelar para essa instância (impeachment), que eu pessoalmente não gostaria de apelar". 

Além de Tasso, participam do programa General Santos Cruz, ex-ministro da Secretaria de Governo do presidente Bolsonaro; e o empresário Carlos Ghosn.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags